A igreja de São Francisco de Assis em Belém do Pará, carinhosamente chamada pelos fiéis de "Capuchinhos", completará cem anos de sua inauguração em 02 de outubro de 2022. A abertura oficial das festividades será com um concerto na igreja…

O trânsito continua matando mais do que muitas guerras. A administradora Gina Barbosa Calzavara, coordenadora dos bosquinhos da Universidade Federal do Pará, fez uma emocionante homenagem à memória do jovem Jean Serique Lameira, esportista do ciclismo e que também usava…

O Laboratório de Engenharia Biológica do Parque de Ciência e Tecnologia - PCT Guamá está estudando o sequenciamento genético do açaí, de modo a assegurar a rastreabilidade de ponta a ponta na cadeia produtiva e padrões de qualidade para os…

A Lei estadual nº 9.278/2021, que entrou em vigor em 30 de junho deste ano, instituindo a obrigação de que pessoas residentes em condomínios, conjuntos habitacionais e similares comuniquem à Polícia Civil, de forma imediata, qualquer tipo de agressão praticada…

União terá que indenizar Estados pelo Fundef

O Supremo Tribunal Federal condenou a União a pagar diferenças relacionadas à complementação do Fundo de Manutenção e de Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef), relativas aos exercícios financeiros de 1998 a 2007. Também ficou estabelecido que os recursos recebidos retroativamente deverão ser destinados exclusivamente à educação. O STF autorizou, ainda, decisões monocráticas em novas ações sobre a mesma matéria.

O voto do relator, ministro Marco Aurélio, foi pela improcedência dos pedidos, acompanhado pelo ministro Luiz Fux. Mas o ministro Edson Fachin abriu divergência, seguido pelos ministros Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Celso de Mello e Cármen Lúcia (presidente), formando a corrente vencedora. Com isso, a tese foi fixada em favor dos Estados autores, entre eles o Pará, Bahia, Rio Grande do Norte, Sergipe e Amazonas.

O memorial distribuído aos ministros é da lavra da Procuradoria Geral do Pará, com destaque para a atuação do procurador geral Ophir Cavalcante Jr. e demais integrantes da PGE em Brasília, em especial o ex-procurador geral Aloysio Campos, que acaba de se aposentar.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *