A sesquicentenária samaumeira que perdeu seus galhos na madrugada desta segunda-feira (6) é memória afetiva de todos os paraenses e até de gente de fora do Pará e do Brasil que frequenta Belém durante o Círio de Nazaré. Localizada em…

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará oficializou o resultado da eleição suplementar em Viseu 39 minutos após o encerramento da votação. Foi eleito prefeito Cristiano Vale (nº 11 – PP – Voltando pra Cuidar da Gente) e vice-prefeito Mauro da…

Nem bem foi inaugurado, e ainda faltando a instalação dos bancos e finalização, o calçadão da Avenida Beira-Mar, em Salinópolis, sofreu diversas avarias. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras acionou a empresa responsável pela obra, que está executando ações…

A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

TRT8 garante metade da frota de ônibus

O desembargador Vicente Malheiros da Fonseca, decano e ex-presidente do TRT8, deferiu hoje no início da tarde o pedido de tutela de urgência para a Federação das Empresas de Transportes Rodoviários da Região Norte, e determinou a imediata garantia de prestação dos serviços de transporte coletivo, nos municípios de Ananindeua e Marituba, com pelo menos metade dos empregados das empresas de ônibus Águas Lindas, Autoviária Paraense, Barata Transportes Ltda., Transportes Pinheiros Ltda., Viação Forte, Vialoc, Via Metropolitana e Rosário de Fátima Transportes, durante o período da greve.

Em caso de desobediência ou descumprimento à ordem judicial, o
sindicato pagará multa no valor de R$50 mil por dia,
a ser revertida em favor do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), sem prejuízo da
responsabilização civil e criminal.

Leiam aqui a íntegra da decisão.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *