0
Autorizada pelo desembargador Ronaldo Vale e coordenada pelo procurador de Justiça Nelson Medrado, a “Operação Alçapão”, do Núcleo de Combate à Improbidade e à Corrupção do Ministério Público estadual, cumpriu hoje busca e apreensão na prefeitura de Curionópolis e nas residências da secretária municipal de Educação, Maria Francisca Teixeira Lopes, e da presidente da Comissão de Licitação, Aline Prudêncio da Silva, além de uma farmácia. 

O MP constatou compras diretas e posterior montagem de processos licitatórios para justificar os gastos. Na casa da presidente da Comissão de Licitação foram encontrados revólveres e espingardas. Foi verificada a contratação de um escritório de advocacia de outro estado por alto valor, mesmo tendo procuradores do município com experiência e nenhuma peculiaridade a justificar a contratação. Também eram feitas compras diretas de medicamentos em determinada farmácia, embora existam outros fornecedores no município e inclusive um contrato vigente. Um escritório de contabilidade também era contratado sem licitação e por valor alto, apesar de o município dispor de corpo técnico concursado. Documentos, computadores, processos licitatórios montados e armas foram apreendidos e agora são provas anexadas aos autos. 

A equipe do procurador Nelson Medrado foi integrada pelos promotores de justiça Francys Lucy Galhardo do Vale, Josiel Gomes da Silva e Hélio Rubens Pinho, além de policiais militares do Gabinete Militar do MPE-PA e servidores do NCIC. 
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

TRT8 garante metade da frota de ônibus

Anterior

A quatrocentona Vigia de Nazaré(PA)

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *