0

O juiz do trabalho Carlos Rodrigues Zahlouth Júnior tomou posse nesta terça-feira, 14, na vaga existente em razão da aposentadoria do desembargador federal do Trabalho Vicente José Malheiros da Fonseca no Tribunal Regional do Trabalho da Oitava Região, que abrange o Pará e o Amapá. A desembargadora Maria Valquíria Norat Coelho, presidente interina do TRT8, lembrou, emocionada, que tomou posse como juíza substituta do Trabalho em 9 de dezembro de 1993, ao lado de Zahlouth e dos atuais desembargadores Antonio Oldemar Coelho dos Santos e Julianes Moraes das Chagas (este já aposentado) e da desembargadora Ida Selene. A cerimônia, no Salão Nobre, foi prestigiada por familiares, advogados, servidores, juízes do trabalho e desembargadores do Tribunal.

“A promoção é o passo mais importante da nossa carreira. Estou muito feliz com essa promoção, que merece esse reconhecimento por ele ser um juiz célere, comprometido com a causa do seu trabalho, conhecedor das normas processuais, conhecedor do direito material. Doutor Zahlouth veio somar e este é o seu momento. Desejo sucesso e que seja muito feliz”, declarou a presidente em exercício.

“O Zahlouth é um cara excepcional, primeiro é um profissional competente, extremamente qualificado, tem um conhecimento técnico do processo civil irreparável e estou muito feliz por convivermos juntos há mais de trinta anos aqui no Tribunal. Entramos no mesmo dia na posse de juiz substituto”, festejou o desembargador Oldemar Coelho.

A família do novo desembargador foi representada por sua irmã, Carla Ferreira Zahlouth. “Meu irmão sempre foi um juiz muito dedicado, muito ativo, que sempre teve um profundo respeito pelo advogado. É o coroamento de uma trajetória brilhante, ele merece. O Tribunal Regional do Trabalho não poderia ter um desembargador melhor. Ele também é professor da Universidade Federal do Pará, adora o magistério e por isso é reverenciado pelos advogados, pois formou muitos advogados”.

A nomeação de Carlos Rodrigues Zahlouth Júnior foi publicada no Diário Oficial da União hoje mesmo, pelo critério de antiguidade. Desde agosto do ano passado ele era convocado nas sessões do Pleno. “Hoje é um dia muito feliz em que estou reunido com colegas magistrados, familiares, é uma satisfação muito grande. Estou na Justiça desde 1993, chegar a este cargo no nosso Tribunal, que todos nós contribuímos, desde daquele que recebe o trabalhador até o desembargador, é uma alegria muito grande. Todos nós temos uma função, é como se fosse uma engrenagem, ninguém pode viver sem o outro, desde o mais simples funcionário até o mais alto grau. Tirando algo da engrenagem a máquina para. Eu, como participante dessa engrenagem, me sinto honrado, gratificado, e redobrando muito mais a minha responsabilidade de continuar levando para a sociedade a justiça social e engrandecendo o nome do nosso Tribunal”, acentuou o desembargador, em seu discurso, no qual agradeceu a todos os servidores, advogados, juízes do trabalho e desembargadores. Destacou, ainda, o trabalho do servidor aposentado Francisco Cardoso, que atuou como Diretor de Secretaria de Vara durante 20 anos na sua gestão, e de todos os diretores de Secretaria de Vara com os quais trabalhou.

Participaram da solenidade as desembargadoras federais do Trabalho Valquíria Norat, Rosita Nassar Sidrim, Francisca Oliveira Formigosa, Mary Anne Acatauassu Camelier Medrado, Sulamir Palmeira Monassa de Almeida e Maria Zuíla Lima Dutra; os desembargadores Paulo Isan Coimbra da Silva Júnior, Raimundo Itamar Lemos Fernandes, Antonio Oldemar Coelho dos Santos, Luís José de Jesus Ribeiro e Walter Roberto Paro, além das juízas do trabalho Camila Afonso de Nóvoa Cavalcante, titular da 8ª Vara do Trabalho de Macapá, Léa Helena Pessoa dos Santos Sarmento, juíza titular da 3ª Vara do Trabalho de Belém e Silvana Braga Mattos, juíza do Trabalho substituta.

Confiram aqui mais fotos do evento.

Impunidade grassa na área onde jornalista e indigenista sumiram

Anterior

MPPA expôs relatório de gestão à Alepa

Próximo

Vocë pode gostar

Mais de Notícias

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *