0

A identificação precoce e intervenções terapêuticas são cruciais para estimular o desenvolvimento de habilidades e desbloquear o potencial de pessoas com TEA. Dois de abril é o Dia Mundial de Conscientização do Autismo, uma data dedicada a aumentar o entendimento e a aceitação das pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Abaetetuba tem se destacado no acolhimento às famílias, graças à atuação da prefeita Francineti Carvalho, que é psicóloga e pesquisadora (atualmente cursa o doutorado) e durante sua gestão orquestrou uma série de iniciativas para destacar a importância da inclusão desses indivíduos na sociedade. Através das diversas secretarias, a prefeitura desenvolve ações destinadas a sensibilizar a população sobre a necessidade de acolher e integrar as pessoas autistas.

Nesta terça-feira, 2, a IV Caminhada de Conscientização do Autismo contou com a participação das secretarias municipais e ofereceu serviços de saúde a crianças, jovens e adultos com TEA, bem como às suas famílias. A mensagem transmitida foi clara: toda a sociedade deve se engajar na luta pela inclusão, de modo a garantir que todos tenham direitos iguais e sejam respeitados em suas diferenças.

A Secretaria Municipal de Saúde esteve presente na praça da Bandeira oferecendo testes rápidos, vacinação, medição de glicemia, consultas de enfermagem e médicas, entre outros atendimentos. As mães, emocionadas, expressaram sua gratidão destacando a importância desse acolhimento e compartilharam experiências, enfatizando que é fundamental que a sociedade compreenda que o autismo é um espectro e que as pessoas com TEA merecem respeito e inclusão. “Eu, enquanto mãe de uma pessoa autista, quero muito deixar uma reflexão: é importante que a sociedade abra o leque e entenda que o autismo é um espectro. Nossos filhos não são coitadinhos, não são doentes, não são anjos azuis. Eles são pessoas, pessoas com deficiência, que merecem e devem ser respeitados”.

“O Transtorno do Espectro Autista é caracterizado por dificuldades na comunicação e interação social, atraso no desenvolvimento motor, sensibilidade sensorial e comportamentos repetitivos. A conscientização e o apoio adequado desempenham papel fundamental no bem-estar e desenvolvimento das pessoas com essa condição”, comenta Francineti Carvalho, que entende o brincar como atividade significativa no desenvolvimento infantil e que pode ser classificado como um dos protagonistas no desenvolvimento da criança e de suas funções psicológicas, desde capacidades de imitação, atenção, memória e imaginação até a solidificação de habilidades socioemocionais por meio da interação da criança com o outro e com o meio. “Brincadeiras e jogos proporcionam à criança o contato com o estabelecimento de regras, maneiras de se relacionar consigo e com o outro e aspectos que reforçam o desenvolvimento cognitivo”, assevera a prefeita.

Reproduzindo seu conhecimento teórico na gestão, a prefeita Francineti Carvalho tem obtido resultados satisfatórios que não são melhores devido às limitações de receita do município. Hoje, brincando na praça com as crianças autistas e suas mães, ela reiterou o compromisso da administração municipal com a causa, e a necessidade de construir uma sociedade mais inclusiva e igualitária para todos, independentemente de suas diferenças.

A programação continuará no decorrer da semana. No dia 3 de abril, às 8 horas, no auditório da SEMEC, acontecerá uma mesa redonda com o tema “rede de apoio à inclusão social e educacional dos estudantes com autismo no sistema de educação de Abaetetuba”. No dia 4 de abril, também no auditório da SEMEC, acontecerá, às 8 horas e às 14 horas, formação para PAEs (Profissional de Apoio Especializado) que assistem estudantes com autismo, com o tema “abordagem do estudante com TEA em crise de desregulação). No dia 5 de abril, nas unidades escolares do município. será o dia de sensibilização em rede: todas as unidades educacionais abordarão temáticas relacionadas ao TEA junto às suas comunidades educacionais.

Roda de Cinema na Casa das Artes

Anterior

Sorteio de mil unidades do Residencial Viver Val-de-Cans

Próximo

Vocë pode gostar

Mais de Notícias

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *