Nesta quinta-feira, dia 21, até o sábado, 23, a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Pará oferece os cursos de qualificação e atualização do projeto Forma Alepa/Elepa Itinerante em Santarém, atendendo toda a região do Baixo Amazonas, abrangendo também…

Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

TJE-PA sob nova direção

Os novos dirigentes do TJE-PA. Foto ascom TJ
Em cerimônia no plenário Desembargador Oswaldo Pojucan Tavares, o Tribunal de Justiça do Estado do Pará empossou agora à noite o novo corpo diretivo para o biênio 2017/2019. O novo presidente é o desembargador Ricardo Ferreira Nunes. O desembargador Leonardo de Noronha Tavares, é o vice-presidente; o desembargador José Maria Teixeira do Rosário assumiu a Corregedoria de Justiça das Comarcas da Região Metropolitana de Belém e a desembargadora Vânia Valente do Couto Fortes Bitar Cunha, a Corregedoria de Justiça das Comarcas do Interior. Na mesma solenidade também foram empossadas as desembargadoras Ezilda Pastana Mutran, Maria Elvina Gemaque Taveira, Rosileide Maria da Costa Cunha e Nadja Nara Cobra Meda, que integrarão o Conselho da Magistratura 

O desembargador Ricardo Nunes
ingressou na magistratura em 1985 como juiz regional da 14ª Região, com sede em Alenquer. Passou pelas Comarcas de Oeiras do Pará e Santarém, chegando à 3ª entrância em 1996, quando assumiu a Vara Distrital de Icoaraci e, posteriormente, a 7ª Vara Cível de Belém. Foi juiz membro da 2ª Turma Recursal dos Juizados Cíveis e Criminais entre 1999 e 2003, juiz eleitoral entre 1999 e 2000 e diretor do Fórum Cível de Belém em 2005, juiz membro substituto do Tribunal Regional Eleitoral em 2005, corregedor regional eleitoral do TRE-PA de 2009 a 2011, vice-presidente do TRE-PA no biênio 2009/2011, vice-presidente do Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais entre 2011 e 2013, presidente do TRE-PA no biênio 2011/2013 e vice-presidente do TJE-PA no biênio 2015/2017.

Aliás, (re)conhecido por sua postura conciliadora, o novo presidente da Corte disse ao blog, com exclusividade, a respeito do imbroglio com a OAB-PA, face à ordem de desocupação do Lounge da Cidadania, no Fórum Cível de Belém, que não há nada que não se resolva com uma boa conversa. A ponte ao diálogo está estendida, pois. Melhor assim.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *