O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Sistema integrado de transporte rodofluvial urgente!

Na escolha de
Zenaldo Coutinho para o secretariado considero particularmente feliz a de
Maísa
Tobias, que é engenheira, especialista em Gerenciamento do Transporte Fluvial,
Mestre em Engenharia Civil com ênfase em Geotecnia e Transportes, Doutora em
Engenharia de Transportes com ênfase em Planejamento e Operações de Transportes
e Pós-Doutora em Planejamento Urbano e Regional, professora da UFPA e autora de
vários estudos acerca da viabilidade de adoção de um
sistema aquaviário de
transporte urbano da Região Metropolitana de Belém, o que considero uma
necessidade premente, principalmente agora que chegamos a uma situação de
colapso no trânsito e no transporte coletivo.
Temos uma vocação natural para a utilização do transporte aquaviário. É
preciso criar condições para que ele evolua, seja devidamente aproveitado e regulamentado,
tenha sua importância econômica e social reconhecida. É um contrassenso a
população ser submetida ao caos diário dos engarrafamentos, da poluição
ambiental por queima de combustível e pelo ruído, além do alto índice de
acidentes pelo uso único da via rodoviária, ao invés de usufruir do meio
aquaviário, com a vantagem de ser ecologicamente recomendável e infinitamente
mais saudável.
Há,
hoje, a facilidade do entendimento dos prefeitos da RMB e o governador,
condição extraordinária para projetos que sempre esbarraram na diversidade de
conceitos e de interesses partidários. A implementação do transporte fluvial
pelas prefeituras na Região Metropolitana de Belém já foi inclusive tema de
debate na Câmara Municipal de Belém, em sessão presidida pelo ex-vereador
Carlos Augusto Barbosa(DEM), na qual fizeram parte da mesa de debate Maísa
Tobias e o arquiteto e urbanista Paulo Ribeiro, professor da UFPA e coordenador
de planejamento do projeto Ação Metrópole, do Governo do Estado. Na ocasião, dados
da Codem apontaram que a área de competência da CTBel na gestão do trânsito e
do transporte aquaviário em Belém abrange ao todo 39 ilhas que integram os
distritos de Icoaraci, Outeiro e Mosqueiro.
Um
sistema integrado de transporte rodofluvial, abrangendo toda a RMB, é a solução
para a dramática situação hoje vivida. Ainda mais agora que já estamos com meia
pista na Av. Almirante Barroso e logo vai precisar ser impedido o tráfego no
corredor da Av. Augusto Montenegro, o que prenuncia tempos ainda mais difíceis.
Quem não optaria por atravessar de barco, balsa ou ferry boat ao invés de
sofrer horas no engarrafamento?
O
projeto Portal da Amazônia, na orla da Av. Bernardo Sayão, prevê terminais de
passageiros e cargas. Há pontos em Mosqueiro, Icoaraci, Outeiro e Ananindeua
que podem ser utilizados. É preciso que o discurso do pacto saia da abstração e
se materialize, com a instituição de parcerias público-privadas, por exemplo,
que garantam segurança e conforto a passageiros, tanto no transporte em si
quanto no embarque/desembarque. Com técnicos na área, a esperança é de que
finalmente a questão tenha o tratamento que merece.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *