Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

Aprovado à unanimidade pela Assembleia Legislativa, o projeto de lei nº 245/2021, de autoria do Poder Executivo, dispondo sobre a denominação do Arquivo Público do Estado do Pará, em homenagem ao jurista e professor paraense Zeno Augusto de Bastos Veloso,…

Sílvio Santos indeferido pelo TRE-PA. Duciomar e Sefer em pauta neste sábado.

Os bastidores políticos parauaras estão incandescentes: Silvinho Santos(PSD), filho de Carlos Santos, teve a candidatura indeferida pelo TRE-PA na sessão de hoje. É que ele está condenado por extorsão em processo perante o TJE-PA. Claudiomar Dias de Almeida(PR), o ex-deputado Cláudio Almeida, do sul do Pará, também foi indeferido, por ausência de prestação de contas de campanha, assim como a candidata a senadora pelo PSTU, Ângela Azevedo, e suplentes (por problemas no DRAP), Zacarias Rodrigues (contas reprovadas pelo TCM), Marta Dionísio (contas reprovadas pelo TCE e TCU) e mais outros 30 e poucos, por falta de documentos, filiação partidária ou quitação eleitoral até o prazo fatal do dia 05 deste mês. Todos os outros casos ainda pendentes, como os do ex-prefeito de Belém, Duciomar Costa(PTB), do deputado Chico da Pesca(PROS) e do ex-deputado Luiz Afonso Sefer(PP) serão julgados neste sábado, em sessão extraordinária, a partir das 9h. Será a última sessão de julgamento de registros pelo TRE-PA. O Procurador Regional Eleitoral, Alan Mansur, ajuizou todas as impugnações e os argumentos de fato e de direito que alinhou foram considerados irretorquíveis.

Ontem foram, ainda, indeferidos os registros, com base nas impugnações do MPE, dos candidatos Madalena Hoffman, Marlene Mateus, Ronivaldo do Carmo, Dr. Wanderley, Antonio José Garcia, Zé Carlos Galiza, Michelly Athie e Raul Pereira. Wanderley foi condenado pelo TRF1 por crime de redução a condição análoga à de escravo, no final de 2012. Ele é o atual vice-prefeito de Tucumã. Recorreu ao STJ e STF mas não conseguiu liminar. A decisão ainda não transitou em julgado por poucos detalhes.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *