A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará publicou extrato de dispensa de licitação para contratar a Prodepa, por R$800.427,88, a fim de desenvolver novo site da Transparência do Governo do Pará, com criação de nova arquitetura de informação, navegação…

Andar de motocicleta proporciona histórias, experiências e adrenalina. Motos oferecem facilidade de locomoção rápida e de conseguir estacionamento. Mas a liberdade é, sem dúvida, o motivo número 1 de todo motociclista. Sentir o vento, o clima, fazer parte da paisagem. Este é…

Os fatos que ensejaram a prisão preventiva do SGT Gildson dos Santos Soares e o afastamento da Coronel QOPM/PA Andréa Keyla Leal Rocha do Comando de Policiamento Ambiental da Polícia Militar do Pará descortinaram uma situação gravíssima e surreal dentro…

Barcos regionais a motor, veleiros, vigilengas, rabetas, bajaras, canoas ubás, igarités, catraias, botes fazem parte da memória afetiva, produtiva e econômica parauara, navegando pelo oceano Atlântico, baías, rios que mais parecem mares, lagos, igarapés, furos, estreitos, igapós e campos alagados…

Serial killer processual

O presidente da OAB, Ophir Cavalcante, de fato está inovando e sacudindo os tribunais. Agora, denunciou ao CNJ a existência de um “serial killer processual” na 7ª Vara Federal de João Pessoa, na Paraíba, por correr solta uma prática absurda de extinção indiscriminada de ações.

Quem milita na advocacia sabe que ele tem razão. Eu tive um processo que ficou cinco anos numa Vara do Trabalho, onde passou pelo exame de oito juízes, foi objeto de embargos, recurso ordinário, mandado de segurança, enfim, percorreu Seção Especializada e Turmas do TRT8, foi ao TST e, depois de tudo, a juíza de 1º Grau sentenciou extinguindo a ação sem exame do mérito, por – vejam só – inépcia (!).

Ou seja, ela indiretamente chamou de burros, cegos e incompetentes todos os magistrados que jamais vislumbraram tal coisa examinando o processo. Seria cômica se não fosse trágica tal conduta. Evidente que a decisão temerária foi reformada de imediato, mas ela fala por si e põe em risco os princípios mais caros do Direito.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *