O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, anunciou na tarde desta segunda-feira, 8, que os recursos para a revitalização e requalificação do complexo do Mercado São Brás, na ordem de R$50 milhões, já estão garantidos pela Caixa Econômica Federal. Durante visita…

A orla da cidade concentrou o maior público de todos os tempos. Cerca de dez mil pessoas esperaram, ansiosas, o espetáculo emocionante e grandioso que incluiu barcos grandes e balsas, mas também canoeiros, as tradicionais e belíssimas barquinhas, confeccionadas com…

Área contígua ao centro histórico de Belém do Pará, Zona Especial do Patrimônio Histórico declarada por lei, o bairro do Reduto, cenário industrial da belle Époque, da Doca do Reduto no início do século XX, com suas canoas coloridas repletas…

A Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça fixou, sob o rito dos recursos repetitivos, a tese de que o servidor federal inativo, independentemente de prévio requerimento administrativo, tem direito à conversão em dinheiro da licença-prêmio não usufruída durante a…

Semas põe tudo na internet

O secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará, Luiz Fernandes Rocha, inovou na relação com o público. Desde que assumiu o cargo, toda segunda-feira recebe pessoalmente os cidadãos que procuram a Semas para apresentar queixas, sugestões, tirar dúvidas ou resolver pendências. Em 2016 foram 1.896 pessoas atendidas. Outra medida foi o Portal da Transparência, onde ficam disponíveis informações atualizadas sobre a legislação ambiental e ferramentas como o Sistema de Comercialização e Transporte de Produtos Florestais (Sisflora), além de dados sobre atividades de manejo, empreendimentos licenciados, termos de referência e documentos em geral. Com todos os processos podendo ser acompanhados via internet por qualquer cidadão, o licenciamento dificilmente sofrerá, digamos, interferências indevidas. É de fato um pioneirismo que merece ser registrado e, principalmente, seguido por todos os órgãos públicos, nos âmbitos municipal, estadual e federal.
As operações “Tempestas”, “Gaia”, “Garimpo”, “Safer River”, “R.I.P” e “Timber” resultaram na prisão de mais de 30 envolvidos em crimes contra a fauna e a flora no Pará, dentre eles cinco traficantes internacionais de peixes ornamentais. As ações foram coordenadas pela Assessoria de Inteligência e Segurança Corporativa da Semas, em parceria com a Polícia Civil do Pará, Batalhão de Policiamento Ambiental, Grupamento Aéreo de Segurança Pública do Pará, Ministério Público Estadual, Ministério Público Federal, Procuradoria Geral do Estado e Centro de Perícias Científicas Renato Chaves.  

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *