O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Rio Tapajós seco já registra naufrágio

Todo cuidado é pouco na navegação dos rios amazônicos. Por causa do El Nino, os rios estão secando rapidamente e bancos de areia e pedrais afloram, um risco de tragédias. Na madrugada de anteontem, o barco Comandante Marinho, que faz a linha para comunidades do Tapajós, em Santarém, Oeste do Pará,  naufragou por volta de 1h da madrugada, em frente à comunidade Parauá, entre os municípios de Belterra e Aveiro. 

Felizmente o barco Natureza, que faz linha para Itaituba, e a embarcação transportadora da equipe do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia, que presta serviço de assistência técnica a comunidades da Resex Tapajós- Arapiuns, estavam perto e conseguiram salvar passageiros e tripulantes, exceto um homem que morreu afogado, na tentativa de recuperar alguns pertences.

Com o rio Tapajós seco, o B/M Comandante Marinho teria batido em pedras e foi a pique. As fotos são de Alessandro Oliveira.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *