Área contígua ao centro histórico de Belém do Pará, Zona Especial do Patrimônio Histórico declarada por lei, o bairro do Reduto, cenário industrial da belle Époque, da Doca do Reduto no início do século XX, com suas canoas coloridas repletas…

A Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça fixou, sob o rito dos recursos repetitivos, a tese de que o servidor federal inativo, independentemente de prévio requerimento administrativo, tem direito à conversão em dinheiro da licença-prêmio não usufruída durante a…

O prefeito Edmilson Rodrigues cumpriu agenda institucional em Brasília, ao lado do secretário municipal de Gestão e Planejamento, Cláudio Puty. No Ministério da Economia, trataram das obras de saneamento básico no Canal do Mata Fome, no bairro do Tapanã, onde…

O leite materno contém propriedades importantes para o crescimento e desenvolvimento do bebê, fortalecendo a sua imunidade contra diversas doenças. Em 1992 a Aliança Mundial de Ação Pró-Amamentação criou a Semana Mundial de Aleitamento Materno, de 1 a 7 de…

Resistência a Stédile no Pará

Vai ficar para novembro a decisão da Alepa sobre a concessão – ou não, como diria Caetano Veloso – do título de Cidadão do Pará ao líder do MST, João Pedro Stédile. Os deputados Sidney Rosa e Coronel Neil se mostraram claramente avessos à concessão da honraria, assim como praticamente toda as bancadas, inclusive a do PMDB. Só o PT e o PCdoB declaradamente a favor. O deputado Carlos Bordalo, autor da ideia, alega que votou em João Doria quando foi proposto ao prefeito paulistano o mesmo título, em nome do acordo tácito que há no parlamento em torno dessas questões. Mas desta vez parece que o impasse está difícil. O projeto polêmico foi retirado de pauta e está suspenso por três sessões, em busca do diálogo. Já passou uma. Serão mais duas esta semana.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *