0
Compartilhamento

A Prefeitura de Belém está com todas as secretarias mobilizadas e trabalhando em ritmo frenético para enfrentar o caos na cidade em após a forte a chuva com tempestade elétrica e vendaval. Os órgãos municipais trabalham na retirada das árvores desabadas, telhados, vidraças e até janelas inteiras que literalmente voaram para as ruas, além da fiação elétrica e telefônica arrebentada.

De acordo com o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), o radar meteorológico acusou um núcleo local de instabilidade, o que levou à publicação de um alerta de risco de enxurrada e alagamento na capital paraense.

“Estamos mobilizando todos os nossos órgãos para minimizar o problema, desobstruir as vias. A nossa preocupação é com a segurança das pessoas. Chamei vários secretários para mapear os problemas”, explicou o prefeito Edmilson Rodrigues.

Cerca de vinte árvores caíram nas avenidas Nazaré, Governador José Malcher, Presidente Vargas, Assis de Vasconcelos, Gentil Bittencourt, Romulo Maiorana, Generalíssimo Deodoro, Marechal Hermes, Rua da Municipalidade, Travessa Apinagés, Praça da República e Praça Waldemar Henrique.

A Av. Generalíssimo Deodoro, entre as avenidas José Malcher e Nazaré, está interditada. O trânsito está desviado pela José Malcher, mas está via, entre a Doca e a Almirante Wandenkolk, está com uma faixa interditada por causa de pedaços de galhos que caíram no trecho.

Na Av. Presidente Vargas, uma árvore de grande porte caiu na esquina com a rua Gaspar Viana e interditou totalmente a via. Os agentes desviam o trânsito pela rua Municipalidade.

Na Av. Assis de Vasconcelos duas árvores caíram perto da Rua da Municipalidade. Na Av. Marechal Hermes, apenas uma pista está liberada, uma árvore que caiu no perímetro.

A Defesa Civil Municipal está fazendo o levantamento de todos os pontos críticos na cidade, e conta com o apoio da Defesa Civil Estadual.

Combate à corrupção em Breves, Melgaço e Portel

Anterior

Manchete

Próximo

Vocë pode gostar

Mais de Notícias

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *