Vanete Oliveira, 28 anos, mãe de cinco filhos, vive em Portel, município do arquipélago do Marajó(PA). Ela sofre há catorze anos dores atrozes além do desconforto, trauma e todo tipo de dor física e psicológica, por conta de um tumor…

As Diretorias de Combate à Corrupção e de Polícia do Interior da Polícia Civil do Pará prenderam hoje (28), no Distrito Federal, durante a Operação "Litania”, uma falsa empresária e sócios-proprietários que utilizavam empresa de fachada como instituição financeira para…

A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará publicou extrato de dispensa de licitação para contratar a Prodepa, por R$800.427,88, a fim de desenvolver novo site da Transparência do Governo do Pará, com criação de nova arquitetura de informação, navegação…

Andar de motocicleta proporciona histórias, experiências e adrenalina. Motos oferecem facilidade de locomoção rápida e de conseguir estacionamento. Mas a liberdade é, sem dúvida, o motivo número 1 de todo motociclista. Sentir o vento, o clima, fazer parte da paisagem. Este é…

Ponte do Moju com pilares abalroados

Um empurrador que conduzia duas balsas transportando toras de madeira, ontem à noite, no rio Moju, colidiu com três pilares da ponte Moju Cidade, a mesma, no complexo da Alça Viária, que este ano foi atingida por uma balsa e está sendo reconstruída. Técnicos da Secretaria de Estado de Transportes ainda estão avaliando a extensão do impacto na estrutura da ponte. O comandante do comboio, Sebastião de Souza Dias, estava com documentação irregular, por isso foi detido e autuado em flagrante delito. A embarcação foi apreendida pela Marinha e está atracada em um porto do Moju, onde também está a tripulação, que vai prestar depoimentos.
O proprietário da embarcação  responderá a inquérito policial por entregar a condução do comboio a pessoa não habilitada. 

Muito bem, acidentes acontecem. Agora, o que não dá para entender é como os pilares da ponte, depois de tudo o que já aconteceu, ainda estavam desprotegidos. A Setran precisa esclarecer esse ponto. E proteger as outras, antes que algo semelhante venha a ocorrer. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *