O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Chicão, convocou e empossou Torrinho Torres, primeiro suplente do Podemos, na vaga do deputado Igor Normando, que está licenciado para exercer o cargo de secretário de Estado de Articulação da Cidadania. O novo parlamentar…

Reconhecimento máximo da Associação Paulista de Críticos de Artes a obras de Literatura, Música popular, Arquitetura, Artes Visuais, Cinema, Dança, Rádio, Teatro, Teatro Infantojuvenil e Televisão, o Prêmio IPCA, anunciado na segunda-feira, 6/2, contemplou o livro de contos “Eu já…

A sesquicentenária samaumeira que perdeu seus galhos na madrugada desta segunda-feira (6) é memória afetiva de todos os paraenses e até de gente de fora do Pará e do Brasil que frequenta Belém durante o Círio de Nazaré. Localizada em…

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará oficializou o resultado da eleição suplementar em Viseu 39 minutos após o encerramento da votação. Foi eleito prefeito Cristiano Vale (nº 11 – PP – Voltando pra Cuidar da Gente) e vice-prefeito Mauro da…

Polvinhos para bebês na UTI

O Projeto Octo é um lindo exemplo de solidariedade que merece a adesão de todos. Polvos de crochê feitos por voluntárias são doados aos hospitais e destinados aos bebês prematuros que precisam ficar em UTI neonatal. Os pequeninos identificam nos tentáculos o cordão umbilical da mãe e demonstram maior relaxamento quando estão em contato com o objeto. Envolvem-se nos tentáculos, passam as mãos e os abraçam. Eles ficam mais calmos, conseguem ter maior período de sono e a frequência cardíaca diminui, sinal de tranquilidade. Todos os polvos recebidos na maternidade são esterilizados antes de serem entregues aos bebês, excluindo o risco de infecções hospitalares. 

Os polvinhos são 100% algodão e os tentáculos não podem passar de 22 cm. Com um rolo de linha é possível fazer quatro polvos; então, se as pessoas querem colaborar, mas não sabem fazer crochê, podem se juntar a essa corrente do bem através da doação de linhas Barroco nº 6. 

Em Belém, um grupo de voluntárias coordenado por Simone Chermont e do qual a designer Celeste Heitmann faz parte, entre outras mãos de fada, se reúne às sextas-feiras na livraria Fox da Dr. Moraes e na feirinha do Museu da UFPA.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *