A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Foram empossados hoje na Assembleia Legislativa do Pará os 41 deputados estaduais eleitos para a 61ª Legislatura (2023-2027). Em seguida houve eleição para a Presidência e a Mesa Diretora, em chapa única, tendo sido reeleito praticamente à unanimidade – por…

O governador Helder Barbalho está soltando a conta-gotas os nomes dos escolhidos para compor o primeiro escalão de seu segundo governo. Nesta quarta-feira será a posse dos deputados estaduais e federais e dos senadores, e a eleição para a Mesa…

Pela primeira vez na história, está em curso  um movimento conjunto da Academia Paraense de Letras, Academia Paraense de Jornalismo, Instituto Histórico e Geográfico do Pará e Academia Paraense de Letras Jurídicas, exposto em ofício ao governador Helder Barbalho, propondo…

A pior seca em 100 anos

Fotos: Flavya Mutran
A seca de 2010 da Amazônia foi a pior dos últimos cem anos, e afetou drasticamente a atividade pesqueira, o abastecimento de água na zona rual e a saúde da população. A constatação é de estudiosos britânicos (da Universidade de Leeds) e de brasileiros do Ipam (Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia), em artigo na revista “Science“.
Estudos apontam que 3 milhões de quilômetros quadrados foram afetados, não houve recuperação total para os níveis normais dos rios, e a floresta pode ser ocupada por campos de savanas e pradarias em caso de mudança climática com temperaturas mais quentes e alteração no padrão do volume de chuvas.
O estudo será publicado no “Geophysical Research Letters“, jornal da União de Geofísicos Americanos.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *