Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Na quarta-feira passada, dia 24, a audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal, em Brasília, era para discutir a gravíssima situação na Terra Indígena Yanomami, mas o clima de enfrentamento entre bolsonaristas e lulistas inviabilizou…

O prefeito Edmilson Rodrigues anunciou que Belém tem condições de fazer o Carnaval 2022, após reunião hoje (25) à tarde com representantes das escolas de samba e blocos carnavalescos. Ele acredita que com mais de 80% de pessoas vacinadas contra…

Em 17 de dezembro de 1999, a Assembleia Geral das Nações Unidas designou o 25 de novembro Dia Internacional da Eliminação da Violência contra a Mulher. Passados 22 anos, os dados do 14° Anuário Brasileiro de Segurança Pública são aterrorizantes: por…

Paraense brilha em Paris

O fotógrafo paraense Celso Lobo vai expor imagens da Amazônia no museu do Louvre, na França, em outubro deste ano. Ele está entre os 50 brasileiros selecionados pela Divine Académie Française des Arts Lettres et Culture (Divina Academia Francesa de Cultura Artes e Letras) para mostrar suas obras na capital francesa.
Durante o evento será lançado o livro Les Brésiliens vus par les Brésiliens (Os Brasileiros
Vistos Pelos Brasileiros), com 230 páginas. Lobo e
scolheu imagens que exaltam a natureza, a flora e a beleza amazônica  e mostra um pouco do estilo de vida ribeirinho parauara



O fotógrafo será condecorado membro embaixador da Divine Académie Française des Arts Lettres et Culture no dia 25 de abril, no Rio de Janeiro. Ele e mais 39 artistas brasileiros receberão o reconhecimento e o título no Copacabana Palace. Celso Lobo será embaixador na Região Norte do país, o único  do Pará a ser condecorado e o terceiro paraense a receber o título na história da academia, fundada em 1995, em Paris, e que tem como presidente a jornalista, relações públicas e escritora Diva Pavesi. Artistas brasileiros como Milton Nascimento, Martinho da Vila, Cauby Peixoto e Daniela Mercury já foram homenageados pela organização.


Confiram nos cartazes um pouco do lindo acervo que ele levará a Paris.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *