O presidente da Assembleia Legislativa do Pará, deputado Chicão, foi aclamado ontem por servidores e deputados após a sessão plenária, que se estendeu até as 15h, ao entregar os espaços reformados que já estão prontos para utilização. É que, em…

O delegado de polícia de Oriximiná, Edmílson Faro, prendeu o vigia Ailton Ferreira da Silva a pedido do presidente da Câmara Municipal, vereador Marcelo Andrade Sarubi (PSDB) e do vereador Márcio Canto (PTB) e, na presença de ambos e do…

Primeira do Brasil totalmente focada na educação para o trânsito, a biblioteca do Detran-PA foi criada em 1998 e começou direcionada ao público interno, funcionando no antigo prédio do órgão, ao lado da Ceasa. Em 1º de novembro de 1999,…

A Prefeitura de Belém vai revitalizar dezesseis imóveis do município que estão há anos em situação de abandono. Além do resgate do patrimônio histórico, artístico e cultural, a intenção é reduzir gastos com aluguéis de prédios que abrigam órgãos municipais.…

Palavra de especialista

Aqui em Belém conheci o Hospital Ofir Loyola e não fiquei muito bem impressionado com o que vi. O hospital é muito pobre, muito deficiente, falta medicação, as filas de espera são longas, as condições estão abaixo da crítica, eu diria. Eu não acredito que isso precise ser assim. O Brasil não é um país pobre, nós não somos pobres, temos um PIB altíssimo, temos dinheiro para muita coisa, eu acho que é apenas mal empregado. (…) Eu acho que ele (o HOL) faz um bom trabalho. Porque faz o trabalho sem verba, sem remédio, mas tem fila de espera, falta remédio, eu vi paciente deitado no chão, não tinha maca, e com o soro pendurado na janela. Isso é digno para um ser humano? Eu acho complicado. Mesmo sendo um hospital de referência, o nível é muito baixo.”(Sérgio Simon, médico oncologista do Hospital Albert Einstein e professor da Universidade Federal de São Paulo, em entrevista dominical ao Diário do Pará).

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *