Vanete Oliveira, 28 anos, mãe de cinco filhos, vive em Portel, município do arquipélago do Marajó(PA). Ela sofre há catorze anos dores atrozes além do desconforto, trauma e todo tipo de dor física e psicológica, por conta de um tumor…

As Diretorias de Combate à Corrupção e de Polícia do Interior da Polícia Civil do Pará prenderam hoje (28), no Distrito Federal, durante a Operação "Litania”, uma falsa empresária e sócios-proprietários que utilizavam empresa de fachada como instituição financeira para…

A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará publicou extrato de dispensa de licitação para contratar a Prodepa, por R$800.427,88, a fim de desenvolver novo site da Transparência do Governo do Pará, com criação de nova arquitetura de informação, navegação…

Andar de motocicleta proporciona histórias, experiências e adrenalina. Motos oferecem facilidade de locomoção rápida e de conseguir estacionamento. Mas a liberdade é, sem dúvida, o motivo número 1 de todo motociclista. Sentir o vento, o clima, fazer parte da paisagem. Este é…

Oriximiná: luz da UHE mas CRAS desaba

Foto: Valdo Florenzano – programa Cidade Livre

Em Oriximiná a população foi do céu ao inferno rapidamente, segundo meus dois irmãos que moram lá. Mal o vereador Francisco Florenzano informou, durante sessão da Câmara, que desde o último domingo, 12, o município está sendo abastecido por energia da UHE-Tucuruí, pondo fim a um drama que afligia historicamente a sociedade local, o jornalista Valdo Florenzano mostrou em seu programa de TV, Cidade Livre, o desabamento do prédio do Centro de referência de Assistência Social, no bairro de São Pedro, construído para abrigar idosos e que passava por reforma na sua estrutura, orçada em R$147 mil. Felizmente ninguém se feriu. Alguns vereadores visitaram a área e lamentaram o desastre, que só não foi maior porque o CRAS ainda não estava em funcionamento.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *