A 27ª Unidade de Conservação do Estado do Pará abrange os municípios de Jacareacanga e Novo Progresso, no sudoeste paraense. O Decreto nº 1.944/2021 foi assinado pelo governador Helder Barbalho na quinta-feira, 21, e publicado ontem (22) no Diário Oficial…

O Atlas da Dívida dos Estados Brasileiros, lançado no Fórum Internacional Tributário pela Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital, aponta que a dívida ativa das empresas com os entes federados soma estratosféricos R$ 896,2 bilhões, significando 13,18% do PIB…

Ao abrir oficialmente o Forma Alepa/Elepa, o presidente da Assembleia Legislativa do Pará, deputado Chicão, destacou a importância do trabalho que vem sendo executado pela Escola do Legislativo, treinando, qualificando e atualizando gestores, vereadores e servidores públicos, que dessa forma…

Em Itupiranga, força-tarefa do Ministério Público do Trabalho no Pará e Amapá, Auditoria Fiscal do Trabalho, Defensoria Pública da União e Polícia Federal resgatou sete trabalhadores em condições análogas às de escravos, em duas fazendas no sudeste paraense, e prendeu…

Operação Ecstasy & Seguro Fake

A Polícia Federal deflagrou hoje a Operação Ecstasy, em Santarém, e a Seguro Fake, no sul do Pará. A primeira apura envolvimento em tráfico de drogas, adulteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais e contrabando, e resultou em duas prisões em flagrante de pessoas com 500 selos de droga sintética, além do cumprimento de quatro mandados de busca e apreensão, com apoio da Receita Federal e da Vigilância Sanitária Municipal. 

Já a Operação Seguro Fake desarticula grupo especializado em fraudes no seguro-desemprego.
Estão sendo cumpridos 19 mandados de prisão e 27 de busca e apreensão em Redenção e Conceição do Araguaia, no Pará, e São Luiz e São José de Ribamar, no Maranhão. A PF e o Ministério do Trabalho identificaram quatro grupos criminosos. Em apenas 10 minutos os policiais flagraram 42 tentativas de fraude ao benefício em uma única agência da Caixa Econômica Federal em Redenção. Desde 2016, já foram bloqueadas mais de 57 mil tentativas de fraudes no País, o que equivaleria a desvios de cerca de R$800 milhões.
Os investigados responderão por estelionato qualificado, inserção de dados falsos em sistemas de informações e associação criminosa.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *