Ontem duas famílias viveram momentos de terror, vítimas de assalto à mão armada por volta das 13 horas, durante passeio no Parque do Utinga, um dos lugares mais lindos de Belém e importante equipamento turístico parauara. Trata-se do oitavo roubo…

Em iniciativa inédita, o Fórum de Entidades em Defesa do Patrimônio Cultural Brasileiro celebra os percursos individuais e coletivos que construíram as políticas de salvaguarda do patrimônio cultural no Brasil, lançando a obra “Em Defesa do Patrimônio Cultural”, organizado por…

Neste sábado, 16, postos de saúde ficarão abertos para a vacinação com foco em menores de 15 anos. Em Belém, 11 unidades vão funcionar das 8h às 14h. A campanha da Multivacinação iniciou no dia 04 de outubro e segue…

De autoria do carnavalesco e professor Paulo Anete, o enredo para o Carnaval 2022 da Escola de Samba Grêmio Recreativo Carnavalesco e Cultural Os Colibris, de Belém do Pará, é “Zélia Amada/ Zélia de Deus/ Zélia das Artes/ Herdeira de…

Operação Amazônia Legal

Na segunda etapa da operação Amazônia Legal, hoje, a Polícia Civil desarticulou esquema de desbloqueio de madeireiras irregulares nos sistemas do Ibama e da Semas, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade. Ao todo, foram cumpridos, em Belém, Marabá, Tailândia, Goianésia do Pará e Santarém(PA), e em Itinga (MA), nove mandados de prisão preventiva e dois de condução coercitiva, além de 16 mandados de busca e apreensão. A fraude rendeu mais de R$ 12 milhões aos criminosos.

Uederson de Amadeu Ferreira, analista ambiental do Ibama de Marabá e especialista em informática, aproveitava as ausências ocasionais de seu colega de trabalho para copiar dados de um computador que ficava na sua sala de trabalho. E cobrava das madeireiras para fazer o desbloqueio e assim possibilitar a liberação das guias florestais para autorizar o transporte.
Ao todo, 23 empresas participaram do esquema, 
conforme as investigações da delegada Juliana Cavalcante, da Divisão Especializada em Meio Ambiente (Dema), que apurou durante o inquérito o recebimento, pelo servidor, de R$ 200 mil, através da conta bancária de Anderson Ferreira Bezerra

A polícia avalia que 1.293 caminhões tenham feito o transporte de madeira ilegal extraída de 3.642 árvores. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *