A sesquicentenária samaumeira que perdeu seus galhos na madrugada desta segunda-feira (6) é memória afetiva de todos os paraenses e até de gente de fora do Pará e do Brasil que frequenta Belém durante o Círio de Nazaré. Localizada em…

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará oficializou o resultado da eleição suplementar em Viseu 39 minutos após o encerramento da votação. Foi eleito prefeito Cristiano Vale (nº 11 – PP – Voltando pra Cuidar da Gente) e vice-prefeito Mauro da…

Nem bem foi inaugurado, e ainda faltando a instalação dos bancos e finalização, o calçadão da Avenida Beira-Mar, em Salinópolis, sofreu diversas avarias. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras acionou a empresa responsável pela obra, que está executando ações…

A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Obra sobre Mulher na Ciência lançada na 57ª Meditrop

A presidente da Rede Brasileira de Pesquisas em Tuberculose (Rede-TB), enfermeira epidemiologista Ethel Maciel, lança nesta segunda-feira (14), durante o Workshop da Rede-TB, no 57º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (Medtrop), no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, o livro “Mulher na ciência: meu relato sobre a luta e a existência durante a pandemia”. Doutora em Saúde Coletiva, Ethel Maciel é professora titular da Universidade Federal do Espírito Santo. Ela também é membro do Grupo Técnico Assessor da OMS para Tuberculose e integra a Rede Brasileira de Mulheres Cientistas.

O livro, narrado em primeira pessoa, trata sobre a experiência de ser mulher e cientista durante a pandemia, em um contexto de negacionismo da ciência e da vida. A obra traz textos inéditos produzidos por ela de fevereiro de 2020 a dezembro de 2021 e uma coletânea de artigos publicados no jornal “A Gazeta”, além de escritos de amigos e colegas mais próximos, sobre o trabalho de orientação de políticas públicas para o combate ao vírus, realizado em âmbito estadual e nacional.

O 57º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (MEDTROP) tem como presidente o médico infectologista e pesquisador da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) Júlio Croda. O evento marca os 60 anos da SBMT e a volta dos encontros presenciais depois da pandemia. Belém do Pará sedia o maior evento multidisciplinar em medicina tropical da América Latina. Nesta edição, participam milhares de profissionais da saúde, dentre eles médicos, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, veterinários, geógrafos, historiadores, técnicos da saúde pública, legisladores, enfermeiros, estatísticos, além de alunos de graduação e pós-graduação vinculados a diversos programas das áreas de ciências biológicas, medicina e saúde coletiva.

Nesse contexto, temas de grande relevância para a área de vigilância em saúde para os Estados e Municípios, estão sendo discutidos com os especialistas mais renomados do Brasil e do mundo. Técnicos dos programas de controle do Ministério da Saúde compartilham com os participantes as questões atuais da agenda do setor.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *