Vanete Oliveira, 28 anos, mãe de cinco filhos, vive em Portel, município do arquipélago do Marajó(PA). Ela sofre há catorze anos dores atrozes além do desconforto, trauma e todo tipo de dor física e psicológica, por conta de um tumor…

As Diretorias de Combate à Corrupção e de Polícia do Interior da Polícia Civil do Pará prenderam hoje (28), no Distrito Federal, durante a Operação "Litania”, uma falsa empresária e sócios-proprietários que utilizavam empresa de fachada como instituição financeira para…

A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará publicou extrato de dispensa de licitação para contratar a Prodepa, por R$800.427,88, a fim de desenvolver novo site da Transparência do Governo do Pará, com criação de nova arquitetura de informação, navegação…

Andar de motocicleta proporciona histórias, experiências e adrenalina. Motos oferecem facilidade de locomoção rápida e de conseguir estacionamento. Mas a liberdade é, sem dúvida, o motivo número 1 de todo motociclista. Sentir o vento, o clima, fazer parte da paisagem. Este é…

O verdadeiro Çairé em Alter-do-Chão

Fotos: Rodolfo Oliveira
O verdadeiro Çairé, fruto do sincretismo religioso do catolicismo trazido pelos jesuítas no século XVII e dos rituais indígenas que havia na região, começa todos os anos, nesta época, com a busca dos mastros – um dos homens e outro das mulheres – colhidos nas matas do Lago Verde e o desfile dos personagens da festa, como a saraipora, juízes, capitão, mordomos, alferes, foliões, a procissão das canoas decoradas com fitas coloridas singrando o azul do rio Tapajós, comandadas pelos catraieiros, e depois por terra, carregando o esplendor e a coroa do Divino Espírito Santo, entoando as ladainhas, os bolos de macaxeira, o vatapá e o tarubá da gente simples que repete ano a ano a tradição transmitida dos pais para os filhos integrando a parte gastronômica e o conjunto Espanta Cão estrelando a parte musical da festa, que inclui ritmos como o curimbó, marambiré, lundum, marabaixo e desfeiteiras e que com seus versos dão a graciosidade que compõe a harmonia no barracão, na praça e palcos da pacata e belíssima vila de Alter-de-Chão, em Santarém do Pará.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *