Em iniciativa inédita, o Fórum de Entidades em Defesa do Patrimônio Cultural Brasileiro celebra os percursos individuais e coletivos que construíram as políticas de salvaguarda do patrimônio cultural no Brasil, lançando a obra “Em Defesa do Patrimônio Cultural”, organizado por…

Neste sábado, 16, postos de saúde ficarão abertos para a vacinação com foco em menores de 15 anos. Em Belém, 11 unidades vão funcionar das 8h às 14h. A campanha da Multivacinação iniciou no dia 04 de outubro e segue…

De autoria do carnavalesco e professor Paulo Anete, o enredo para o Carnaval 2022 da Escola de Samba Grêmio Recreativo Carnavalesco e Cultural Os Colibris, de Belém do Pará, é “Zélia Amada/ Zélia de Deus/ Zélia das Artes/ Herdeira de…

Batizada de sagui-de-Schneider (Mico schneideri), em homenagem ao pesquisador brasileiro Horácio Schneider (1948-2018), geneticista da Universidade Federal do Pará e pioneiro da filogenética molecular de primatas, a descoberta alvoroçou a comunidade científica internacional. A nova espécie de sagui amazônico do…

Ó Pará, quanto orgulha ser filho


O Brasil despertou hoje mais cedo, no doce burburinho e inquietude do exercício da liberdade democrática de exercer o direito cidadão à escolha de seus representantes no Executivo e no Legislativo através do voto direto e livre. Nesta festa do civismo e da democracia, dia icônico em que cada cidadão anônimo é importante na construção dos novos mandatos, é crucial que não se perca de vista o quanto custou chegar a este patamar de liberdades individuais e direitos coletivos, insculpidos em nossa Constituição como cláusulas pétreas. E, por isso mesmo, não devem ser tão preciosas conquistas jogadas ao lixo do voto nulo, branco ou abstenção, que sepultam aquilo pelo que tantos brasileiros lutaram bravamente, doando as próprias vidas.

Neste dia em que cada um de nós é responsável pela possibilidade de concretizar o sonho de uma sociedade mais justa e igualitária, reflita, observe a vida pregressa e atual de cada candidato e vote consciente no que é melhor para seu Estado e para o nosso País. Não venda e não troque esse direito de escolha, e denuncie qualquer irregularidade de que tomar conhecimento. Não se omita. Temos o dever de eleger mandatários e parlamentares que de fato tenham capacidade de realizar seus compromissos de campanha. O erro de hoje se refletirá em muito mais do que nos próximos quatro anos.  

Os Hinos do Pará e do Brasil são fonte de inspiração para todos nós, parauaras e brasileiros. E que Deus abençoe e ilumine a todos nós!

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *