Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Na quarta-feira passada, dia 24, a audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal, em Brasília, era para discutir a gravíssima situação na Terra Indígena Yanomami, mas o clima de enfrentamento entre bolsonaristas e lulistas inviabilizou…

O prefeito Edmilson Rodrigues anunciou que Belém tem condições de fazer o Carnaval 2022, após reunião hoje (25) à tarde com representantes das escolas de samba e blocos carnavalescos. Ele acredita que com mais de 80% de pessoas vacinadas contra…

O caso do repórter e do modelo fotográfico

É algo óbvio que quando se promove grande concentração de pessoas, ainda mais com bebidas alcoólicas e na rua, como é o caso do carnaval, é preciso policiamento ostensivo reforçado, a fim de garantir a segurança de todos. Depois do assassinato a tiros de Felipe Andryo Lima, 19, do baleamento de outro jovem que o acompanhava, e do assalto e esfaqueamento do jornalista Diogo Puget, todos ocorridos sábado, no bairro da Cidade Velha, em meio ao desfile de blocos, agora a Segup anuncia que a Polícia Militar reforçou o policiamento ostensivo em bairros com programação de carnaval. Ora, bolas! As pessoas que estavam no evento se queixaram de que não havia policiais e relataram que, além dos crimes contra a vida, vários furtos aconteceram, a maioria de celulares. E olhem que a Cidade Velha tem o apoio do gabinete militar do MP! É de se imaginar o desamparo em outras áreas.

Seccional do Comércio da Polícia Civil está investigando as circunstâncias do homicídio de Felipe Andryo, que era modelo fotográfico e frequentador da Paróquia de Nossa Senhora do Líbano e São Jorge, cuja página no Facebook manifestou luto. De acordo com testemunhas, ele foi atingido por disparos feitos de dentro de um veículo de cor prata, por alguém com quem tinha discutido antes da passagem do bloco. Foi uma rajada de balas, que atingiu um amigo que estava ao seu lado. Já a Seccional de São Brás está encarregada de elucidar o caso do apresentador do SBT Belém, Diogo Puget, que além do cordão roubado teve as costas e os braços cortados com requintes de perversidade. Quem tiver informações capazes de ajudar a esclarecer os crimes deve procurar as respectivas delegacias.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *