0

O Papa Francisco nomeou nesta sexta-feira, 3 de novembro, dom José Ionilton Lisboa de Oliveira bispo da Prelazia do Marajó, no Pará, que estava vacante desde a transferência de Dom Evaristo Pascoal para a diocese de Roraima, em janeiro de 2023. O bispo emérito do Marajó, Dom José Luis Azcona Hermoso, continua dedicado ao trabalho de evangelização e de assistência à população do arquipélago.

A presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) enviou saudação a Dom José Ionilton.

Nomeado pelo Papa Francisco no dia 19 de abril de 2017 bispo da prelazia de Itacoatiara, no Amazonas, Dom José Ionilton foi eleito em abril de 2028 vice-presidente da Comissão Pastoral da Terra e reeleito em abril de 2021 para a gestão da diretoria nacional da CPT, como vice-presidente, para o triênio de 2021 a 2024. Após o falecimento do presidente recém-reeleito da CPT, dom André de Witte, ocorrido em 25 de abril de 2021, Dom José Ionilton assumiu interinamente a presidência da CPT. Atualmente, ele também integra a equipe da Rede Eclesial Pan-Amazônica (Repam Brasil) como secretário.

Dom José Ionilton Lisboa de Oliveira é natural de Araci (BA) e nasceu em 09 de março de 1962, na Fazenda Chã. Formado em Filosofia no Instituto Nossa Senhora das Vitórias e em Teologia na Escola Teológica do Mosteiro São Bento, de 1988 a 1991, em 2015 fez a convalidação do Curso de Teologia na Universidade Católica de Salvador (UCSAL).

Professou seus votos na Congregação dos Padres Vocacionistas – Sociedade das Divinas Vocações (SDV) em 21 de janeiro de 1990, e sua ordenação presbiteral ocorreu em 1992, na paróquia Nossa Senhora da Conceição do Raso, em Araci (BA). Em sua trajetória, atuou, entre outras, como membro do Conselho Presbiteral da arquidiocese de Vitória da Conquista, representando os religiosos em 2005 e membro da Diretoria da Conferência dos Religiosos do Brasil – regional Bahia/Sergipe.

Now and Then, os Beatles Vivem

Anterior

Ribeirinhos e quilombolas de Oriximiná precisam de ajuda humanitária

Próximo

Vocë pode gostar

Mais de Notícias

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *