Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

Aprovado à unanimidade pela Assembleia Legislativa, o projeto de lei nº 245/2021, de autoria do Poder Executivo, dispondo sobre a denominação do Arquivo Público do Estado do Pará, em homenagem ao jurista e professor paraense Zeno Augusto de Bastos Veloso,…

Noite de gala e histórica no Theatro da Paz

Foto: Gabriella Florenzano
Reforçada com músicos convidados, a Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz realizou concerto histórico na quinta-feira passada, 15, com a execução da Sinfonia nº 5 de Gustav Mahler, pela primeira vez em Belém.  A obra de Mahler exige uma grande formação e grande apuro técnico.  O gerente de música da Secult, João Augusto Ó de Almeida, contou que nunca tinha recebido tantos pedidos de camarins para ensaios. O resultado foi maravilhoso, aplaudido de pé pela plateia. Belo trabalho do maestro Miguel Campos Neto, que eleva cada vez mais o nível da OSTP.

O CD alusivo ao centenário do maestro Wilson Fonseca, o Isoca, também foi lançado na mesma data, no hall do teatro. O desembargador do Trabalho Vicente Malheiros da Fonseca, filho do compositor e autor de arranjos em algumas peças, esteve presente e autografou, a pedido, vários CDs.  

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *