Equipes da Divisão de Homicídios e da Delegacia de Repressão de Furtos e Roubos estavam monitorando há um mês o grupo criminoso que planejava roubar em torno de R$ 1 milhão no caixa eletrônico do Banpará localizado dentro do Hospital…

Vanete Oliveira, 28 anos, mãe de cinco filhos, vive em Portel, município do arquipélago do Marajó(PA). Ela sofre há catorze anos dores atrozes além do desconforto, trauma e todo tipo de dor física e psicológica, por conta de um tumor…

As Diretorias de Combate à Corrupção e de Polícia do Interior da Polícia Civil do Pará prenderam hoje (28), no Distrito Federal, durante a Operação "Litania”, uma falsa empresária e sócios-proprietários que utilizavam empresa de fachada como instituição financeira para…

A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará publicou extrato de dispensa de licitação para contratar a Prodepa, por R$800.427,88, a fim de desenvolver novo site da Transparência do Governo do Pará, com criação de nova arquitetura de informação, navegação…

Maravilhas da Ciência da Computação

Vocês sabiam que a Receita Federal não perdeu todos os seus dados com o incêndio ocorrido na sede em Belém, porque tinha todos eles microfilmados pela Empresa de Processamento de Dados do Pará, a Prodepa? A Jucepa também é cliente da Prodepa e foi a primeira do Brasil a digitalizar 100% do acervo de registro mercantil, formado por mais de seis milhões de documentos, e se tornou um modelo a ser seguido. Trata-se de conquista histórica do Pará. E agora todos os processos, desde a criação do TCE-PA, na década de 1950, até 2000, já estão microfilmados e disponíveis em 14 CDs.  O serviço continua, a fim de atualizar a microfilmagem. 


O microfilme tem hoje o mesmo valor legal que os documentos originais. Por executar o processo com excelência há mais de 30 anos, a Prodepa hoje é referência na área. Entre outros benefícios da digitalização estão o acesso a documentos raros, a economia com o espaço físico, eficiência na troca de informações por meio da web e a agilidade no tempo de consulta dos dados.  


Além de entregar os arquivos em CDs ou DVDs aos clientes, a Prodepa guarda todos os dados no sistema, onde ficam arquivadas as matrizes dos processos digitalizados, para que as empresas e órgãos tenham ainda mais segurança no armazenamento.  O sistema Indexa possibilita o acesso às imagens via web, de qualquer computador, em qualquer lugar. 


A microfilmagem já tem amparo legal, na Lei 5.433, de 8 de maio de 1986, que trata da regulamentação da microfilmagem de documentos e o seu descarte. Além disso, o Decreto 1.799, publicado em 30 de janeiro de 1996, regulamenta a Lei 5.433. Já a digitalização ainda precisa ser regulamentada. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *