Membro da Academia Brasileira de Ciências Contábeis (Abracicon), a professora doutora Leila Márcia Elias participou recentemente do Congresso Internacional de Contabilidade da Universidade de São Paulo. Como parte da programação do Núcleo de Contabilidade e Meio Ambiente da USP, que…

Shäron Moalem, médico que ficou conhecido mundialmente por prever no começo da pandemia da Covid-19 que mais homens morreriam vítimas do vírus do que mulheres, diz que o sexo feminino é mais forte que o masculino quanto à sobrevivência, assim…

No período de 10 a 28 de agosto, o navio-hospital-escola Abaré começa nova expedição, oferecendo a 75 comunidades do rio Tapajós nos municípios de Santarém, Aveiro e Belterra serviços de atenção básica à saúde: consultas médicas, odontológicas e de enfermagem,…

O IV Distrito Naval da Marinha do Brasil ativou nesta quarta-feira (4), o Grupo de Embarcações de Operações Ribeirinhas do Norte uma nova Organização Militar em Belém (PA), com propósito de contribuir para a aplicação do Poder Naval na área…

Noite cultural pelos 353 anos de Santarém

Foto: William Santos
Ontem à noite, no Teatro Victória, em cerimônia alusiva aos 353 anos de Santarém, o prefeito Alexandre Von(PSDB) entregou a Medalha Padre João Felipe Bettendorf a Ronan Liberal, ex-prefeito por duas gestões; Manuel Djalma de Sousa Lima, professor de Educação Física; João Viana Figueira (Nem), músico; Janderilson Rêgo Pereira, diretor da Colônia de Pescadores Z-20; Rui Siqueira, médico; e Luiz Antônio Campos Corrêa, professor universitário, pela contribuição ao desenvolvimento de Santarém. 

Em seu discurso de saudação, historiando a importância do Teatro Victória, cenário de muitos fatos históricos, Alexandre Von lembrou que, em janeiro de 1989, assumiu lá – que na época sediava a Câmara Municipal – seu primeiro mandato político, de vereador (já foi deputado estadual), ocasião em que Ronan Liberal (PMDB)também assumia como prefeito eleito em mandato-tampão de 3 anos (tinha sido nomeado prefeito pro tempore logo depois que o município deixou de ser área de segurança nacional, durante a ditadura), e o deputado federal Joaquim Lira Maia(DEM) – que estava na mesa oficial da solenidade, assim como o deputado Nélio Aguiar(DEM) – como secretário de Estado de Agricultura do governo Hélio Gueiros. 

Luiz Antônio Corrêa implantou a primeira faculdade de Santarém, oferecendo cursos regulares; Djalma Lima foi pioneiro na área de Educação Física e ajudou no fortalecimento do esporte santareno; Rui Siqueira foi o primeiro pediatra na cidade; o líder da Z-20, Janderilson Rêgo, representa a categoria de pescadores, que tem forte atuação; e o músico Nem, saxofonista, se destaca como artista local. 

O historiador Cristóvam Sena lançou o livro “Dica Frazão: a divina artesã“, editado pelo Instituto Cultural Boanerges Sena, que ele preside, com apoio da Prefeitura de Santarém, em homenagem à artesã santarena de 90 anos, internacionalmente reconhecida. 

A cantora lírica Gabriella Florenzano cantou composições dos maestros Wilson Fonseca e Waldemar Henrique, acompanhada pela pianista Talitha Monteiro. O teatro estava completamente lotado e o prefeito Alexandre Von já convidou Gabriella para novo recital na cidade, em data ainda não definida. A Orquestra Filarmônica de Santarém executou com maestria várias peças ao longo da noite cultural e encerrou o evento com o Hino de Santarém, composição do maestro Isoca(música) e Paulo Rodrigues dos Santos (letra), entoado por todos os presentes.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *