Governador do Pará e presidente do Consórcio de Governadores da Amazônia Legal, Helder Barbalho está com agenda intensa em Brasília, e em reunião com Lula nesta sexta-feira (27) apresentou documento proposto pelo CAL. Para o desenvolvimento regional do bioma amazônico,…

O Papa Francisco nomeou o atual bispo da prelazia de Marajó (PA), Dom Evaristo Pascoal Spengler, bispo de Roraima (RR), que estava sem titular há um ano, desde a transferência de Dom Mário Antônio da Silva para a arquidiocese de…

Utilizar o futebol como ferramenta de transformação social para crianças e adolescentes de todo o Pará é o objetivo do projeto "Futebol Formando Cidadão", que será lançado neste domingo (29) no oeste paraense. A iniciativa é do Tapajós Futebol Clube,…

No próximo sábado, 28, é o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo. Esta semana, foram divulgados dados da Secretaria de Inspeção do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) referente a 2022, quando foram resgatados 2.575 trabalhadores em condições análogas…

Neto de Getúlio Vargas repete gesto do pai e do avô

A saga trágica brasileira remete à Grécia antiga, aos atreides, a figuras lendárias como Agamenon, Clitemnestra, Orestes e Electra, de família submetida a tal série de infortúnios: Getúlio Dornelles Vargas Neto, neto do ex-presidente Getúlio Vargas, deu um tiro na própria cabeça aos 61 anos. O corpo foi encontrado em seu apartamento, no bairro Moinhos do Vento, em Porto Alegre(RS), com um bilhete de despedida para a família. Ele repetiu o gesto do pai, Maneco Vargas, e do avô Getúlio Vargas. 

Advogado, um dos fundadores do PDT, em 1986, Getúlio Neto tentou mas não conseguiu deslanchar carreira política. Foi candidato a deputado estadual, não se elegeu; queria ser prefeito do Rio e sair candidato a governador, mas nada prosperou. 

A tragédia na família Vargas lembra a da família Kennedy, nos EUA: o presidente John F. Kennedy foi assassinado em 1963, seu irmão Bobby em 1968. Filhos de Bobby, David morreu de overdose em 1984 e Michael em um acidente de esqui, em 1997.  John John, filho de JFK e de Jackie Kennedy, morreu na queda de um avião que ele mesmo pilotava, em 1999, e Mary Richardson Kennedy, a segunda esposa de Bobby Jr., tirou a própria vida em maio de 2012.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *