Em iniciativa inédita, o Fórum de Entidades em Defesa do Patrimônio Cultural Brasileiro celebra os percursos individuais e coletivos que construíram as políticas de salvaguarda do patrimônio cultural no Brasil, lançando a obra “Em Defesa do Patrimônio Cultural”, organizado por…

Neste sábado, 16, postos de saúde ficarão abertos para a vacinação com foco em menores de 15 anos. Em Belém, 11 unidades vão funcionar das 8h às 14h. A campanha da Multivacinação iniciou no dia 04 de outubro e segue…

De autoria do carnavalesco e professor Paulo Anete, o enredo para o Carnaval 2022 da Escola de Samba Grêmio Recreativo Carnavalesco e Cultural Os Colibris, de Belém do Pará, é “Zélia Amada/ Zélia de Deus/ Zélia das Artes/ Herdeira de…

Batizada de sagui-de-Schneider (Mico schneideri), em homenagem ao pesquisador brasileiro Horácio Schneider (1948-2018), geneticista da Universidade Federal do Pará e pioneiro da filogenética molecular de primatas, a descoberta alvoroçou a comunidade científica internacional. A nova espécie de sagui amazônico do…

Música e Cidadania

A paróquia de Nossa Senhora Mãe do Perpétuo Socorro, no bairro do Telégrafo, e a Associação das Pessoas com Deficiência, em São Brás, foram contempladas com a cessão de instrumentos musicais para dar continuidade ao trabalho que já desenvolvem e ampliar a oferta de cursos de musicalização. Os recursos são da Cia. Docas do Pará que, através de um Termo de Concretização de Direitos Humanos celebrado com o Ministério Público do Trabalho, trocou multas trabalhistas por cursos destinados a jovens em situação de vulnerabilidade e egressos da socioeducação e do sistema penitenciário.

Na Paróquia, onde o projeto ‘Escrevendo a Nossa História’, idealizado pelo procurador do MPT Sandoval Alves da Silva, recebeu 50 violões, 11 teclados, 50 flautas doces e 30 estantes de partitura, o cantor Reginaldo Viana, que coordena o projeto Música e Cidadania da Fundação Carlos Gomes, a soprano Dhuly Contente, que coordena o Polo da Vila da Barca, e um quinteto de sopros da FCG fizeram um mini concerto. 


Já a APPD, que tem 250 alunos matriculados, recebeu 50 flautas, cinco violões, cinco cavaquinhos e dois teclados e ganhou como padrinho o cantor lírico Idaías Souto, que fará palestras, apresentações musicais e intercâmbio de conhecimento com os jovens do polo. O superintendente da FCG, Paulo José Campos de Melo, enfatizou que a Fundação atua em  14 polos só na região metropolitana de Belém, além de outros em todas as regiões do Pará, que levam o ensino musical para crianças, jovens e adultos. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *