Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Na quarta-feira passada, dia 24, a audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal, em Brasília, era para discutir a gravíssima situação na Terra Indígena Yanomami, mas o clima de enfrentamento entre bolsonaristas e lulistas inviabilizou…

O prefeito Edmilson Rodrigues anunciou que Belém tem condições de fazer o Carnaval 2022, após reunião hoje (25) à tarde com representantes das escolas de samba e blocos carnavalescos. Ele acredita que com mais de 80% de pessoas vacinadas contra…

Em 17 de dezembro de 1999, a Assembleia Geral das Nações Unidas designou o 25 de novembro Dia Internacional da Eliminação da Violência contra a Mulher. Passados 22 anos, os dados do 14° Anuário Brasileiro de Segurança Pública são aterrorizantes: por…

MPF e Iphan divulgarão projeto do Veropa

O blog deu a sugestão à Prefeitura de Belém. Mas não colou. É uma medida simples, que evitaria muito desgaste desnecessário. Agora, o procurador regional da República José Augusto Potiguar, do Ministério Público Federal, e a superintendente do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Maria Dorotéa de Lima, resolveram colocar no ar, nos respectivos sites, o projeto de reforma da feira do Ver-o-Peso, em Belém. A partir de 02 de março ficará disponível para consulta pública, pelo prazo de 30 dias. O Iphan ainda está analisando o projeto apresentado pela prefeitura, mas já forneceu cópias ao Instituto dos Arquitetos do Brasil e à AAPBel (Associação dos Amigos do Patrimônio de Belém). 

Além disso, uma audiência pública conjunta dos dois órgãos receberá contribuições da sociedade ao projeto, no dia 5 de abril. O MPF pediu e o Iphan concordou em receber contribuições também de uma comissão técnica a ser formada por entidades representativas da sociedade. 

O MPF deu prazo de 15 dias, a contar do próximo dia 28 de fevereiro, para que a prefeitura de Belém remeta cópia do convênio firmado com o Estado do Pará para repasse dos recursos que financiarão as obras. 

O complexo do Ver-o-Peso é formado por diversas estruturas centenárias e funciona como entreposto comercial desde o século XVII, época da fundação de Belém. A feira é hoje um dos principais centros de abastecimento da capital parauara, recebendo produtos da agricultura familiar, principalmente ervas, açaí e pescado de pequenos produtores do interior do Estado. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *