O Tribunal Regional Eleitoral do Pará oficializou o resultado da eleição suplementar em Viseu 39 minutos após o encerramento da votação. Foi eleito prefeito Cristiano Vale (nº 11 – PP – Voltando pra Cuidar da Gente) e vice-prefeito Mauro da…

Nem bem foi inaugurado, e ainda faltando a instalação dos bancos e finalização, o calçadão da Avenida Beira-Mar, em Salinópolis, sofreu diversas avarias. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras acionou a empresa responsável pela obra, que está executando ações…

A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Foram empossados hoje na Assembleia Legislativa do Pará os 41 deputados estaduais eleitos para a 61ª Legislatura (2023-2027). Em seguida houve eleição para a Presidência e a Mesa Diretora, em chapa única, tendo sido reeleito praticamente à unanimidade – por…

MPE age em Itaituba

Em Itaituba, os promotores de justiça Maurim Lameira Vergolino, Magdalena Torres Teixeira e Antônio Manoel Cardoso Dias instauraram inquérito civil para apurar denúncias de improbidade contra o prefeito Walmir Climaco de Aguiar, feitas pelos diretores da Coordenadoria de Trânsito do município, Benecleide Sousa, Edilson Rodrigues e Jorge Augusto Silva.
Os agentes do Comtri de Itaituba gravaram imagens veiculadas na imprensa local, comprovando em parte as denúncias de que o prefeito mandou que os agentes deixassem de exigir a comprovação de recolhimento de contribuição sindical dos mototaxistas para obtenção ou renovação da licença de atividade, a despeito do que determina a legislação trabalhista.
O prefeito também teria determinado aos diretores a não fiscalização de mototaxistas quanto ao cumprimento de normas de segurança de trânsito, sob pena de exoneração de seus cargos. E pedido a liberação de um veículo modelo Gol, apreendido em dezembro de 2010 por trafegar sem o alvará de circulação de táxi, além de um caminhão que havia sido recolhido pelo Detran. Climaco queria, ainda, que o Comtri doasse direitos de veículo da prefeitura em benefício de um particular.
O prefeito tem 10 dias para responder às denúncias e apresentar cópias dos atos de nomeação e eventual exoneração dos diretores do Comtri de seus cargos, os motivos e quem serão os substitutos em caso de exoneração.
O MPE requisitou ao coordenador do Comtri informações atualizadas quanto ao cumprimento da norma para renovação ou concessão de licença para serviço de mototáxi, e cópias de todas as autuações feitas nos últimos seis meses relativas ao uso de equipamentos de segurança.  Ao diretor do Detran de Itaituba, solicitou os dados dos veículos apreendidos nos últimos nove meses. 
E  recomendou que cumpram a legislação e anulem todos os atos praticados que tenham violado as normas legais.
*Com informações do MPE/PA

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *