Em iniciativa inédita, o Fórum de Entidades em Defesa do Patrimônio Cultural Brasileiro celebra os percursos individuais e coletivos que construíram as políticas de salvaguarda do patrimônio cultural no Brasil, lançando a obra “Em Defesa do Patrimônio Cultural”, organizado por…

Neste sábado, 16, postos de saúde ficarão abertos para a vacinação com foco em menores de 15 anos. Em Belém, 11 unidades vão funcionar das 8h às 14h. A campanha da Multivacinação iniciou no dia 04 de outubro e segue…

De autoria do carnavalesco e professor Paulo Anete, o enredo para o Carnaval 2022 da Escola de Samba Grêmio Recreativo Carnavalesco e Cultural Os Colibris, de Belém do Pará, é “Zélia Amada/ Zélia de Deus/ Zélia das Artes/ Herdeira de…

Batizada de sagui-de-Schneider (Mico schneideri), em homenagem ao pesquisador brasileiro Horácio Schneider (1948-2018), geneticista da Universidade Federal do Pará e pioneiro da filogenética molecular de primatas, a descoberta alvoroçou a comunidade científica internacional. A nova espécie de sagui amazônico do…

Mérito da Navegação

Amanhã o Sindarpa – Sindicato das Empresas de Navegação Fluvial e Lacustre e Agências de Navegação do Pará – outorga a comenda Mérito da Navegação na Amazônia ao vice-almirante Edervaldo Teixeira de Abreu Filho, comandante do IV Distrito Naval, e ao deputado Márcio Miranda, presidente da Alepa. Serão condecorados com a medalha Jornalista Alyrio Sabbá o capitão de mar-e-guerra José Alexandre Santiago da Silva, capitão dos Portos do Pará e Amapá; o delegado Dilermando Dantas Jr., diretor do Grupamento Fluvial da Segup; e os empresários José Rebelo III, vice-presidente da Fenavega; José Maria da Costa Mendonça, vice-presidente da Fiepa; Karlo Patrick Bannach, diretor do grupo Bannach; e Leopoldo Couceiro, diretor da Quadra Engenharia.

A entidade existe há 67 anos, atua em defesa do transporte hidroviário da região, encampando temas estratégicos como os projetos das hidrovias Tocantins-Araguaia, Guamá-Capim, Marajó e Tapajós-Teles Pires Juruena, além da questão portuária e das eclusas em barragens para usinas hidrelétricas, e é presidida pelo empresário Eduardo Lobato Carvalho.

Todos os agraciados são membros da Sociedade Amigos da Marinha. A Soamar-PA desenvolve atividades socioculturais em apoio à Marinha e presta assistência em ações de cidadania a comunidades ribeirinhas do interior paraense. Nos últimos anos as mulheres vêm dirigindo com sucesso a entidade – empresárias Milva Rebelo e Sônia Guedes -, provando a competência em um setor tradicionalmente dominado pelo gênero masculino.

Vale registrar que o jornalista Alyrio Sabbá, que denomina honraria, veicula há 47 anos ininterruptos coluna especializada sobre navegação, no jornal O Liberal. É a única no Pará e talvez em toda a região norte do Brasil. Alyrio começou a trabalhar no antigo SNAPP (Serviço de Navegação da Amazônia e Administração do Porto do Pará), órgão encarregado da gestão da Port of Pará e da Companhia de Comércio e Navegação do Amazonas, criado em 27 de abril de 1940 e extinto através do Decreto 61.600, de 6 de setembro de 1967. Com a extinção do SNAPP, em seu lugar foram fundadas a Companhia Docas do Pará (CDP), com a função de “promover a administração dos portos organizados e terminais do Pará”, e a Empresa de Navegação da Amazônia S/A (ENASA), destinada a “explorar o transporte aquaviário da Bacia Amazônica”, esta também já extinta. É um verdadeiro arquivo vivo, além de decano na área.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *