O presidente da Assembleia Legislativa do Pará, deputado Chicão, foi aclamado ontem por servidores e deputados após a sessão plenária, que se estendeu até as 15h, ao entregar os espaços reformados que já estão prontos para utilização. É que, em…

O delegado de polícia de Oriximiná, Edmílson Faro, prendeu o vigia Ailton Ferreira da Silva a pedido do presidente da Câmara Municipal, vereador Marcelo Andrade Sarubi (PSDB) e do vereador Márcio Canto (PTB) e, na presença de ambos e do…

Primeira do Brasil totalmente focada na educação para o trânsito, a biblioteca do Detran-PA foi criada em 1998 e começou direcionada ao público interno, funcionando no antigo prédio do órgão, ao lado da Ceasa. Em 1º de novembro de 1999,…

A Prefeitura de Belém vai revitalizar dezesseis imóveis do município que estão há anos em situação de abandono. Além do resgate do patrimônio histórico, artístico e cultural, a intenção é reduzir gastos com aluguéis de prédios que abrigam órgãos municipais.…

Márcio Miranda quer mudar Lei Semear



Foi aprovado projeto de Indicação do presidente da Alepa, deputado Márcio Miranda, que propõe alterações na lei nº 6.572/2003 – a Lei Semear, um dos principais instrumentos de fomento da cultura no Pará.
Pelo projeto, a dedução do valor do imposto nos recursos aplicados em projetos culturais e o valor das contrapartidas dos patrocinadores são segmentados, com possibilidade de desconto no pagamento dos tributos atrasados para as empresas patrocinadoras, e percentual destinado a projetos do interior do Estado. 



Entre as novidades, a inclusão da cultura alimentar entre as atividades beneficiadas pela Lei Semear e a permissão para que as instituições de cultura da administração indireta também possam se candidatar ao financiamento. Pela norma atual, só 5% do valor da arrecadação das empresas pode ser direcionado às leis de incentivo. O projeto de Márcio Miranda permite até 20%.


Para ter eficácia, porém, a Indicação deverá  retornar à Alepa no formato de projeto de lei do governador, já que a iniciativa é reservada ao Poder Executivo, pela Constituição.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *