A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Foram empossados hoje na Assembleia Legislativa do Pará os 41 deputados estaduais eleitos para a 61ª Legislatura (2023-2027). Em seguida houve eleição para a Presidência e a Mesa Diretora, em chapa única, tendo sido reeleito praticamente à unanimidade – por…

O governador Helder Barbalho está soltando a conta-gotas os nomes dos escolhidos para compor o primeiro escalão de seu segundo governo. Nesta quarta-feira será a posse dos deputados estaduais e federais e dos senadores, e a eleição para a Mesa…

Pela primeira vez na história, está em curso  um movimento conjunto da Academia Paraense de Letras, Academia Paraense de Jornalismo, Instituto Histórico e Geográfico do Pará e Academia Paraense de Letras Jurídicas, exposto em ofício ao governador Helder Barbalho, propondo…

Malária dispara em Belém

Todo cuidado é pouco. De março e até agora, em menos de dois meses Belém registrou 21 casos positivos de malária. Foram nove em março, nos bairros da Cabanagem, Guamá, Pedreira, Umarizal e Telégrafo, e 12 em abril, no Umarizal e Telégrafo. A informação é da Secretaria Municipal de Saúde e a escalada é preocupante. Só um caso foi registrado em 2018. Em 2019 e 2020, não houve registro da doença em Belém. Em 2021, foram nove casos. É bom lembrar que em 2004 o Instituto Evandro Chagas computou 1.548 casos, e em 2005 detectou 1.339, principalmente, nas localidades de Bonfim e Cotijuba, causadas em sua totalidade pelo Plasmodium vivax.

A equipe da Divisão de Controle de Endemias identificou focos de mosquitos Anopheles, transmissores da doença, e intensificou o combate à malária, com coletas de lâminas nas unidades de saúde localizadas nos distritos administrativos de Belém, e abordagem educativa nos bairros atingidos, terminal hidroviário e nos portos de Belém.

Na próxima segunda-feira, 25, é celebrado o Dia Mundial de Combate à Malária, data instituída pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 2007. Nesse dia, a Sesma realizará atividade educativa nos arredores do Solar da Beira (feira do Ver-o-Peso), com distribuição de material informativo e ação dos profissionais de saúde para conscientizar a população sobre a necessidade de prevenção e os sintomas da doença, e pede a colaboração da população no recebimento dos Agentes de Controle de Endemias nas suas residências e arredores.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Participe da discussão

1 comentário

  1. Observa-se um relaxamento natural da população em relação à Covid, entretanto, paralelo a esta epidemia, esquecemos que temos que estar alertas para dengue, malária e a própria gripe h1n1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *