O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Luis Cunha no TCE-PA

A posse do novo conselheiro do TCE-PA, Luis Cunha, foi emocionante. Ele fez questão de homenagear seu pai, que foi vereador durante dez anos – sem remuneração -, vice-prefeito e prefeito de Augusto Corrêa, e até hoje é lavrador, do qual herdou exemplo de honradez e determinação. A história do ex-deputado por cinco mandatos, que foi secretário de Estado, presidente de autarquia estadual, secretário municipal, bancário e professor, é de superação, através da educação, sua principal bandeira de luta.

Seu pai, mesmo muito pobre e sem instrução, sabia que o caminho era a educação. Mandou todos os filhos – de pau de arara, numa estrada de terra – estudar em Bragança, e até os 18 anos ele não soube o que eram férias. Desde a mais tenra idade, trabalhava na roça e na pesca para ajudar no sustento da família. Concluído o curso de Técnico em Contabilidade, a graduação em Licenciatura Plena em Letras e a pós-graduação em Gestão Pública, Luis Cunha abandonou a vida partidária e parlamentar – na qual se distinguiu pela ética, trabalho dedicado e retidão -, e abraça agora as contas públicas, com o compromisso de ser um conselheiro exemplar.

Eu o conheço e acompanho de perto há vinte anos e sou testemunha de seu caráter. Minha filha, Gabriella Florenzano, que desde a infância o admira e estima, fez questão de prestar-lhe um tributo e cantar em sua homenagem na cerimônia de posse, acompanhada pelo Pedreira’s Quartet. O desembargador federal do Trabalho, Vicente Malheiros da Fonseca, fez um arranjo para a composição Poema de Amor, de seu pai, maestro Isoca, especialmente para a ocasião e a voz de Gabi, que é contralto.

A solenidade foi muito prestigiada, pelos chefes dos três poderes – Executivo, Legislativo e Judiciário -, mais da metade dos deputados estaduais, TCM, MPE, TRE, TRT, vice-governador, Prefeituras de Belém, Augusto Corrêa e Santarém Novo, secretariado, vereadores, servidores públicos e populares.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *