Embora o Quartel Tiradentes esteja localizado no coração do bairro do Reduto, sediando o 2º BPM e duas Companhias da Polícia Militar do Pará, os meliantes parecem desafiar abertamente os policiais. Os assaltos no bairro continuam muito frequentes, principalmente no…

Douglas da Costa Rodrigues Junior, estudante de Letras - Língua Portuguesa da Universidade Federal do Pará e bolsista do Museu Paraense Emílio Goeldi, ganhou a 18ª edição do Prêmio Destaque na Iniciação Científica e Tecnológica na área de Ciências Humanas…

O Ministério Público do Trabalho PA-AP abrirá na segunda-feira inscrições para Estágio de Nível Superior. A seleção será destinada ao preenchimento de vagas e formação do quadro de reserva de estagiários dos cursos de Administração/Gestão Pública, Biblioteconomia, Direito, Jornalismo, Publicidade/Propaganda…

Hoje, dia 23 de julho de 2021 às 19h, o Instituto Histórico e Geográfico do Pará realizada a nona “Live em Memória” da programação alusiva aos 121 anos do Silogeu, desta vez em homenagem ao centenário de nascimento do Almirante…

Juiz intima pelo WhatsApp

O juiz Vilmar Durval Macedo Jr., que responde pela Vara de Violência Doméstica e Familiar de Santarém, celebrou convênio com Ministério Público, Defensoria Pública e Delegacia de Polícia Civil especializada no Atendimento à Mulher e, agora, as intimações das vítimas de processos de violência doméstica serão prioritariamente realizadas por meio de WhatsApp ou SMS

É que os meios tradicionais muitas vezes esbarram em obstáculos e impedem o rápido desfecho processual e a efetiva proteção dos direitos vilipendiados: não é encontrado o endereço e, se encontrado, a vítima está no trabalho, viajando ou albergada na casa de parentes, o que torna infrutífero o ato; a vítima, por mecanismo de defesa ou necessidade ou casualidade da vida muda o seu domicílio; o oficial de justiça está abarrotado de mandados e não consegue cumprir com celeridade a comunicação, e por aí vai.
 
Antenado, o magistrado entende a importância de o Judiciário se aliar às tecnologias de comunicação e superar barreiras.  

A metodologia já é prevista no novo CPC que, no parágrafo 3º do artigo 236, “admite a prática de atos processuais por meio de videoconferência ou outro recurso tecnológico de transmissão de sons e imagens em tempo real”. Além disso, a legislação orienta que a intimação só deva ser realizada por oficial de justiça quando não for possível intimar por via eletrônica. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *