O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Jatene em Parauapebas

Em palestra no seminário Tendências de Mercado – Desafios e Oportunidades do Pará, ontem, em Parauapebas, Simão Jatene disse que, sozinho, nenhum governo tem condições de atender a todas as demandas da sociedade e pregou um pacto para o desenvolvimento do Estado, dando como exemplo bem sucedido a união entre o poder público e a sociedade que resultou em um novo modelo de desenvolvimento no município – Paragominas, até há alguns anos tristemente famosa pela degradação ambiental, é hoje modelo de desenvolvimento sustentável, com economia baseada no setor agro- florestal.

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Paragominas, José Rinaldo Carvalho, entregou ao ex-governador um documento mostrando um dos principais problemas de infraestrutura do município: taxas de crescimento populacional de 20% ao ano. E se queixou de que o Estado não tem conseguido implantar medidas efetivas para reduzir o impacto social do fluxo migratório.

“Não temos mais vagas para as crianças estudarem. Nenhum investimento foi feito em educação. Nos últimos anos nenhuma nova sala de aula foi construída. Também temos sérios problemas na área de segurança. Para ter uma idéia a cadeia pública daqui está superlotada e não oferecia mais condições de segurança. Quem reformou o prédio foram os próprios empresários locais”, contou.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *