Nesta quinta-feira, dia 21, até o sábado, 23, a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Pará oferece os cursos de qualificação e atualização do projeto Forma Alepa/Elepa Itinerante em Santarém, atendendo toda a região do Baixo Amazonas, abrangendo também…

Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

Jefferson queria matar Dirceu

Golpe publicitário em mais uma manobra midiática? O livro “Roberto Jefferson — O homem que abalou a República”, biografia “diz que” não autorizada que será lançada no próximo dia 17, relata bastidores escandalosos da vida do pivô do Mensalão. A obra, escrita pelo jornalista Cássio Bruno, conta as regalias que Roberto Jefferson recebeu na cadeia, incluindo visitas irregulares e até doação de dinheiro para o churrasco dos carcereiros. O autor diz ainda que Jefferson coordenou duas campanhas eleitorais dentro da cela: da filha Cristiane Brasil para deputada federal e a do ex-genro Marcus Vinícius para deputado estadual.
Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB, teria confessado em entrevista para o livro, inclusive, que viajou do Rio para Brasília, de jipe, com uma arma para não chamar atenção nos aeroportos, e que tencionava matar José Dirceu, seu declarado arqui-inimigo.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *