Equipes da Divisão de Homicídios e da Delegacia de Repressão de Furtos e Roubos estavam monitorando há um mês o grupo criminoso que planejava roubar em torno de R$ 1 milhão no caixa eletrônico do Banpará localizado dentro do Hospital…

Vanete Oliveira, 28 anos, mãe de cinco filhos, vive em Portel, município do arquipélago do Marajó(PA). Ela sofre há catorze anos dores atrozes além do desconforto, trauma e todo tipo de dor física e psicológica, por conta de um tumor…

As Diretorias de Combate à Corrupção e de Polícia do Interior da Polícia Civil do Pará prenderam hoje (28), no Distrito Federal, durante a Operação "Litania”, uma falsa empresária e sócios-proprietários que utilizavam empresa de fachada como instituição financeira para…

A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará publicou extrato de dispensa de licitação para contratar a Prodepa, por R$800.427,88, a fim de desenvolver novo site da Transparência do Governo do Pará, com criação de nova arquitetura de informação, navegação…

IPMs apuram desvios de militares

O promotor de Justiça Militar Armando Brasil Teixeira pediu hoje instauração de Inquérito Policial Militar para apurar a participação de policiais militares em agressão a portador de necessidades especiais, anteontem, no bairro do Jurunas, fato registrado por um cinegrafista amador. O Conselho de Disciplina decidirá quanto à permanência desses PMs na corporação. E no próximo dia 2 o conselho especial da Justiça Militar interrogará o coronel PM Carlos Augusto Souza Machado, atual comandante da Guarda Municipal de Belém. Ele é acusado de, em outubro de 2012, quando comandava o Batalhão de Polícia Ambiental, em uma blitz em Barcarena, ter abordado junto com uma patrulha da PM um caminhoneiro transportando ilegalmente madeira e exigido determinada quantia, o que teria sido recusado. Por conta disso o caminhoneiro teria sido agredido pelo coronel e apreendida a mercadoria.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *