Área contígua ao centro histórico de Belém do Pará, Zona Especial do Patrimônio Histórico declarada por lei, o bairro do Reduto, cenário industrial da belle Époque, da Doca do Reduto no início do século XX, com suas canoas coloridas repletas…

A Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça fixou, sob o rito dos recursos repetitivos, a tese de que o servidor federal inativo, independentemente de prévio requerimento administrativo, tem direito à conversão em dinheiro da licença-prêmio não usufruída durante a…

O prefeito Edmilson Rodrigues cumpriu agenda institucional em Brasília, ao lado do secretário municipal de Gestão e Planejamento, Cláudio Puty. No Ministério da Economia, trataram das obras de saneamento básico no Canal do Mata Fome, no bairro do Tapanã, onde…

O leite materno contém propriedades importantes para o crescimento e desenvolvimento do bebê, fortalecendo a sua imunidade contra diversas doenças. Em 1992 a Aliança Mundial de Ação Pró-Amamentação criou a Semana Mundial de Aleitamento Materno, de 1 a 7 de…

IPMs apuram desvios de militares

O promotor de Justiça Militar Armando Brasil Teixeira pediu hoje instauração de Inquérito Policial Militar para apurar a participação de policiais militares em agressão a portador de necessidades especiais, anteontem, no bairro do Jurunas, fato registrado por um cinegrafista amador. O Conselho de Disciplina decidirá quanto à permanência desses PMs na corporação. E no próximo dia 2 o conselho especial da Justiça Militar interrogará o coronel PM Carlos Augusto Souza Machado, atual comandante da Guarda Municipal de Belém. Ele é acusado de, em outubro de 2012, quando comandava o Batalhão de Polícia Ambiental, em uma blitz em Barcarena, ter abordado junto com uma patrulha da PM um caminhoneiro transportando ilegalmente madeira e exigido determinada quantia, o que teria sido recusado. Por conta disso o caminhoneiro teria sido agredido pelo coronel e apreendida a mercadoria.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *