Lançamentos literários, apresentações de teatro, oficinas voltadas para as culturas pop e japonesa, arrecadação de livros, atividades pedagógicas e lúdicas direcionadas ao público infantil, entre outras ações, estão no cardápio de cultura e arte servido aos visitantes do estande da…

O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Insegurança em Santarém

Os deputados Nélio
Aguiar (PMN) e Alexandre Von (PSDB), Alberto Batista, presidente da Associação
Comercial de Santarém, César Ramalheiro, presidente do Sindicato dos Lojistas
de Santarém, e João Sena,  presidente do Câmara de Dirigentes Lojistas, foram
 ao secretário de Estado de Segurança
Pública, Luís Fernandes, pedir reforço para Santarém. “Nos últimos meses virou uma constante arrombamentos nos
estabelecimentos comerciais e a sensação de insegurança tomou conta
do município. Então, estamos aqui para solicitar a presença de mais
policiais, inclusive para rondas em bicicletas.
Queremos também a estruturação da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros,
Centro de Polícia Científica e Polícia Civil, com lanchas potentes para
possibilitar operações nas regiões de rios”
, disse Nélio Aguiar.
A comitiva também
solicitou monitoramento com câmeras nas ruas do centro comercial, maior efetivo
da PM e de viaturas. O secretário adiantou que nove viaturas (quatro logo
agora) e um helicóptero ficarão baseados em Santarém.
Mojuí dos Campos, a vila
de Alter do Chão e o bairro de Nova República também serão contemplados com
Unidade de Polícia Pacificadora. Alexandre Von defendeu que Santarém
receba mais UPPs, nos bairros de Santarenzinho e Prainha e outra para a
comunidade do Lago Grande, com mais policiais civis.
O presidente da ACES
manifestou preocupação com a chegada do Círio de Nossa Senhora da Conceição e
do Natal, quando aumenta o número de ocorrências policiais no centro comercial.
Já os presidentes do CDL e do Sindloja lembraram da necessidade de mais
combustível no abastecimento de carros e motos para garantir o policiamento
ostensivo.

Quem sabe assim, com os justos reclamos de aliados políticos do governador, a Segup perceba que não pode tapar o sol com a peneira de estatísticas furadas sobre redução de criminalidade.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *