0

O senador Flexa Ribeiro(PSDB-PA) recebeu expediente informando que agora, com o reconhecimento da regionalização, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento se empenhará, não apenas em efetivar a habilitação do maior número de plantas frigoríficas na área reconhecida, como também para ampliar para o estado do Pará e outras áreas produtoras do país” o acordo de exportação de carne bovina brasileira para o mercado norte- americano. Causa espanto a justificativa contida no ofício do Ministério para deixar o Pará fora da exportação de carne bovina para os EUA: desde 2002 o governo federal não atualizou os dados acerca dos Estados com os rebanhos livres da febre aftosa. Leiam o ofício e tirem suas próprias conclusões.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Plano Nacional de Outorga de Rádios

Anterior

A Unimed e a precariedade dos serviços

Próximo

Você pode gostar

Comentários