O Tribunal Regional Eleitoral do Pará oficializou o resultado da eleição suplementar em Viseu 39 minutos após o encerramento da votação. Foi eleito prefeito Cristiano Vale (nº 11 – PP – Voltando pra Cuidar da Gente) e vice-prefeito Mauro da…

Nem bem foi inaugurado, e ainda faltando a instalação dos bancos e finalização, o calçadão da Avenida Beira-Mar, em Salinópolis, sofreu diversas avarias. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras acionou a empresa responsável pela obra, que está executando ações…

A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Foram empossados hoje na Assembleia Legislativa do Pará os 41 deputados estaduais eleitos para a 61ª Legislatura (2023-2027). Em seguida houve eleição para a Presidência e a Mesa Diretora, em chapa única, tendo sido reeleito praticamente à unanimidade – por…

Helder Barbalho rompe com Dr. Daniel

A dissenção entre o prefeito de Ananindeua, Dr. Daniel Santos, e o governador Helder Barbalho, que já vinha se desenhando há longo tempo, tomou contornos fáticos hoje. O Diário Oficial do Estado expôs as entranhas do rompimento entre os dois. Nada menos que vinte e duas exonerações de pessoas indicadas pelo prefeito ananin, que ocupavam cargos nevrálgicos, digamos, como as gerências e coordenadorias e assessorias do Iasep. Dono de hospital, assim como o seu vice, Erick Monteiro, que é deputado estadual eleito, é um golpe letal perder o comando do Instituto.

Daniel nunca escondeu seus planos de governar o Pará, que se chocam com os de Helder. Aliados estratégicos em 2018 (na época Daniel Santos era vereador do PSDB, presidia a Câmara Municipal de Ananindeua e se elegeu o mais votado para a Alepa, que presidiu com o apoio de Helder) e em 2020 (passou de mala e cuia para o MDB e se elegeu prefeito, também com apoio de Helder), ultimamente já estavam expostas as fraturas da aliança. Durante a campanha deste ano houve uma última parceria, e a primeira-dama ananin, Dra. Alessandra Haber, foi eleita com votação consagradora deputada federal, e o vice, estadual, manobra de fortalecimento do projeto de poder apelidado República de Ananindeua.

Para se firmar como protagonista na política nacional, onde já transita com desenvoltura, inclusive em eventos internacionais de relevância como a COP 27, no Egito, na qual será palestrante, o governador precisava se cacifar junto a Lula com uma votação decisiva no segundo turno. Convidou todos os políticos da base aliada, com mandato ou não, para a empreitada. Prefeitos, vereadores, deputados estaduais e federais aderiram à campanha, mas o Dr. Daniel, sua esposa Alessandra e o vice Erick Monteiro foram as ausências mais vistosas. Não só se mantiveram silentes como trabalharam contra as expectativas de Helder, que tem feito muitas obras e serviços importantes em parceria com o município e esperava a contrapartida no apoio a Lula. Fato revelador é que o presidente Jair Bolsonaro foi vitorioso em Ananindeua, que é o segundo maior colégio eleitoral do Pará. O mapa eleitoral aponta 50,28% contra 49,72% para Lula. O estrago só não foi maior porque o governador Helder Barbalho e o presidente da Alepa, deputado Chicão, moram e votam em Ananindeua e comandam grande parcela do eleitorado.

A situação, assim, se tornou insustentável. Agora, ficou evidente que a sucessão municipal na Região Metropolitana de Belém será alvo de uma engenharia política tão ou mais complexa e eficiente quanto a que assegurou a Helder a reeleição em patamar inédito, concebida, alinhavada e costurada com antecedência, desestruturando partidos adversários e cavando embaixo dos pés dos oponentes, com ações cuidadosamente planejadas, como um jogo de xadrez. É o comando do partido onde tudo começa. Com o controle do MDB Ananindeua nas mãos do presidente da Alepa, deputado Chicão, é evidente que o Dr. Daniel e a Dra. Alessandra Haber logo desembarcarão da sigla, pois nela não terão espaço. Para onde irão é outra história.

O jogo de gato e rato está em andamento.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Participe da discussão

1 comentário

  1. Com o prestígio que o governador possui no atual momento político de nosso Estado, somado a aliança da parceria com o presidente eleito, é só uma questão de tempo, e mudanças estão a caminho na terra do ananin.
    Este jogo de xadrez já tem um vencedor .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *