Governador do Pará e presidente do Consórcio de Governadores da Amazônia Legal, Helder Barbalho está com agenda intensa em Brasília, e em reunião com Lula nesta sexta-feira (27) apresentou documento proposto pelo CAL. Para o desenvolvimento regional do bioma amazônico,…

O Papa Francisco nomeou o atual bispo da prelazia de Marajó (PA), Dom Evaristo Pascoal Spengler, bispo de Roraima (RR), que estava sem titular há um ano, desde a transferência de Dom Mário Antônio da Silva para a arquidiocese de…

Utilizar o futebol como ferramenta de transformação social para crianças e adolescentes de todo o Pará é o objetivo do projeto "Futebol Formando Cidadão", que será lançado neste domingo (29) no oeste paraense. A iniciativa é do Tapajós Futebol Clube,…

No próximo sábado, 28, é o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo. Esta semana, foram divulgados dados da Secretaria de Inspeção do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) referente a 2022, quando foram resgatados 2.575 trabalhadores em condições análogas…

Festival Cultura de Verão

 Banda Álibi de Orfeu- rock na veia
           
 A banda Álibi de Orfeu
Sidney KC, Rui Paiva, Rafael Mergulhão, Elaine Valente 
e Gabriella Florenzano

Rui Paiva e Gabriella Florenzano falando para a TV e Rádio Cultura

 Os Mestres da Guitarrada Aldo Sena, Curica e Vieira


 Aldo Sena 

Juliana Sinimbu e Arthur Espíndola


Para quem perdeu as atrações de ontem do Festival Cultura de Verão, em Belém, imagens do que rolou no palco do Píer da Casa das Onze Janelas. Teve Juliana Sinimbu e Arthur Espíndola, a banda Álibi de Orfeu – Sidney KC (contrabaixo), Rui Paiva (bateria), Rafael Mergulhão (guitarra), Elaine Valente (guitarra) e Gabriella Florenzano (vocalista) -, e os Mestres da Guitarrada Aldo Sena, Curica e Vieira.
Antes, às 19 horas, o público ainda assistiu a uma mostra do cinema paraense com os curtas “Visagem”, de Roger Elarrat, e “Vamos dançar carimbó?”, de Afonso Gallindo.
Hoje tem Salomão Habib, Bruno BO e o grupo Quaderna, com participação da cantora Nazaré Pereira. Antes, os curtas “O dia que Padim voltou ao Catro”, de Rodrigo Aben-Athar, e “Brega S/A”, de Vladimir Cunha e Gustavo Godinho.
O Festival é promovido pelo governo do Estado, com programação na capital todas as terças e quartas-feiras de julho, no Píer das Onze Janelas, na Cidade Velha, e no interior nos fins de semana, com entrada franca e transmissão ao vivo pela Rádio (93,7 FM), TV (canal 2) e Portal Cultura, aqui.

* Fotos de Rodolfo Oliveira

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *