0

Para celebrar o Dia Mundial da Doação de Livros – 14 de Fevereiro -, a Fundação Cultural do Pará está doando quinhentas obras literárias ao longo desta semana, para formar novos leitores e estimular a solidariedade e a circulação e troca de livros. Cada interessado pode ir escolher um livro de sua preferência na Biblioteca Pública Arthur Vianna, que fica no 2º andar da FCP, informa Suzana Tota, diretora de Leitura e Informação.

Já faz parte da missão da Fundação doar acervos para implantação e modernização de bibliotecas públicas. Só no ano passado, foram mais de 14 mil livros para bibliotecas municipais, escolas públicas e projetos sociais, entre outros beneficiados. E em janeiro de 2022 mais de 5 mil livros foram repassados para projetos de incentivo à leitura, que também são acompanhados, a partir de uma política de capacitação e qualificação de agentes culturais.

O Projeto Leitura por todo Pará, voltado para a formação de público leitor, por meio do edital de cessão de livros de autores paraenses, permitiu uma abrangência maior, alcançando casas penais, hospitais e outros projetos semelhantes.

Recentemente, o Consulado do Japão em Belém doou mais de 250 títulos de mangás (quadrinhos japoneses) para compor o acervo da Biblioteca, concretizando o anúncio pelo cônsul Hiroaki Aizawa, em novembro do ano passado. O presidente da FCP, Guilherme Relvas, pretende realizar a Semana da Cultura Japonesa na Fundação, promovendo um festival audiovisual, oficinas e a gastronomia japonesa. Entre os títulos recebidos constam personagens famosos da cultura pop japonesa, como Pokémon, Dragon Ball e Sakura Card Captor, além de clássicos da literatura mundial em versões para mangá, como Rei Lear e Pinóquio. Os volumes estão disponíveis para leitura na Biblioteca Pública Arthur Vianna. É só ir lá e aproveitar. A FCP funciona no antigo Centur, na esquina da Ruy Barbosa com Gentil Bittencourt, em Belém.

Chicão resgata a história do Legislativo no Pará

Anterior

População de Outeiro continua no sufoco

Próximo

Vocë pode gostar

Mais de Notícias

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *