O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Factóide urbano

Eis que surge mais uma polêmica, com os costumeiros exageros: o projeto de Macrozoneamento Econômico e Ecológico da Amazônia, apresentado hoje pelo midiático ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc. Diz que vai conter a mineração e estimular a piscicultura no lugar do boi pirata, além do turismo em vez da atividade madeireira. E já tem gente de cabelo em pé falando que a pavimentação da Transamazônica e da Santarém/Cuiabá corta territórios indígenas e áreas de proteção ambiental. Alguém pode informar a eles que essas estradas existem há mais de três décadas e já causaram milhares de mortes por isolamento e desabastecimento, por causa da péssima situação das rodovias?

Eu sou totalmente contra fazer estradas ao invés de aproveitar a navegabilidade dos nossos rios, até porque a manutenção é sempre zero, e quem sofre é a população mais necessitada. Mas já que elas existem, a região está impactada, é lógico que o mínimo que pode ser feito é garantir a segurança de quem nelas trafega.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *