O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, anunciou na tarde desta segunda-feira, 8, que os recursos para a revitalização e requalificação do complexo do Mercado São Brás, na ordem de R$50 milhões, já estão garantidos pela Caixa Econômica Federal. Durante visita…

A orla da cidade concentrou o maior público de todos os tempos. Cerca de dez mil pessoas esperaram, ansiosas, o espetáculo emocionante e grandioso que incluiu barcos grandes e balsas, mas também canoeiros, as tradicionais e belíssimas barquinhas, confeccionadas com…

Área contígua ao centro histórico de Belém do Pará, Zona Especial do Patrimônio Histórico declarada por lei, o bairro do Reduto, cenário industrial da belle Époque, da Doca do Reduto no início do século XX, com suas canoas coloridas repletas…

A Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça fixou, sob o rito dos recursos repetitivos, a tese de que o servidor federal inativo, independentemente de prévio requerimento administrativo, tem direito à conversão em dinheiro da licença-prêmio não usufruída durante a…

Estudantes santarenos usam arte para protestar

Estudantes e professores de escolas estaduais de Santarém resolveram debater a qualidade da merenda escolar de forma criativa. Organizaram uma exposição fotográfica na orla da cidade, com declamação de poesias e apresentações musicais. A intenção é fazer itinerância em outros espaços da cidade. A promotora de justiça Lilian Braga  coordenou a ação cultural, programada a partir de procedimento que apura denúncias do movimento estudantil ao MPE-PA relacionadas a diversos problemas nas escolas, como segurança, merenda e infraestrutura. 

Em maio de 2016, como parte do projeto, foi oferecida aos alunos uma oficina de fotografia, numa parceria do MP de Santarém com o Instituto Esperança de Ensino Superior (Iespes), como forma de registro dos problemas vivenciados. “Precisamos de variedade na merenda escolar”, “ovo todo dia, não dá!” eram algumas das frases do painel da Escola Frei Ambrósio. Também foi exposto um com desenhos dos alunos mostrando “a merenda que temos” e a “merenda que queremos”. Participaram, ainda, as escolas Plácido de Castro, Rio Tapajós, Pedro Álvares Cabral, Moju, Dom Tiago, Felisbelo Sussuarana e Onésima de Barros.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *