Ontem duas famílias viveram momentos de terror, vítimas de assalto à mão armada por volta das 13 horas, durante passeio no Parque do Utinga, um dos lugares mais lindos de Belém e importante equipamento turístico parauara. Trata-se do oitavo roubo…

Em iniciativa inédita, o Fórum de Entidades em Defesa do Patrimônio Cultural Brasileiro celebra os percursos individuais e coletivos que construíram as políticas de salvaguarda do patrimônio cultural no Brasil, lançando a obra “Em Defesa do Patrimônio Cultural”, organizado por…

Neste sábado, 16, postos de saúde ficarão abertos para a vacinação com foco em menores de 15 anos. Em Belém, 11 unidades vão funcionar das 8h às 14h. A campanha da Multivacinação iniciou no dia 04 de outubro e segue…

De autoria do carnavalesco e professor Paulo Anete, o enredo para o Carnaval 2022 da Escola de Samba Grêmio Recreativo Carnavalesco e Cultural Os Colibris, de Belém do Pará, é “Zélia Amada/ Zélia de Deus/ Zélia das Artes/ Herdeira de…

Doxa divulga pesquisa em Marabá

Em Marabá, um dos maiores colégios eleitorais do Pará, pesquisa eleitoral da Doxa feita entre os dias 27/07 e 30/07/2016 com 500 entrevistados, registrada sob o nº PA-09088/2016 junto ao TRE, mostra o deputado estadual Tião Miranda liderando a corrida eleitoral.  Na  espontânea, Tião surge com 31,1% das intenções de voto, seguido por João Salame com 6,7%. O médico Manoel Veloso é o terceiro colocado, com 4,7%; Jorge Bichara vem com 3%. O ex-deputado federal Asdrúbal Bentes aparece com 1,8% e o ex-prefeito Maurino com 1%. Cristina Mutran e Zeferino Neto ficam, ambos, com 0,8%. Adailton Sá com 0,6%, Sueli Lara e João Chamon com 0,4% e Rigier Aragão com 0,2%. Os que não sabem ou que pretendem anular o voto chegam a 48,4%. 

Na estimulada, Tião fica em primeiro lugar, subindo para 41,2%. Manoel Veloso vem em segundo, com 10,2%; João Salame cai para terceiro, com 7,2%. Jorge Bichara ocupa o quarto lugar com 6,2% das intenções de voto. João Chamon aparece com 3,5%. Asdrúbal Bentes, 3,1%. Sueli Lara, 2,5%; Cristina Mutran, 2,4%; Adailton Sá, 2,4%; Zeferino Neto, 1,8%; Toni Cunha, 0,8%; César do Comércio, 0,8%; e Rigier Aragão, 0,4%.
Os votos brancos, nulos e indecisos somam 17,5%.

João Salame é o mais rejeitado, com 59,9%. Depois vem César do Comércio, com 5,6%, seguido por João Chamon, 4,1%. Tião Miranda tem 2,5% de rejeição; Asdrúbal, 1,9%; Cristina Mutran, 1,9%; Sueli Lara, 1,8%. Os demais têm índices abaixo de 1%. 

A administração de João Salame é reprovada por 73,2% dos eleitores. A aprovação é de apenas 5,7%. A avaliação Regular só alcança 18,9%.
Já o governo Jatene, em Marabá, é reprovado por 52,2%, a aprovação é de 11,8% e a avaliação Regular é de 31,6%. O governo Temer é reprovado por 35,9%, a aprovação de 12,4% e a avaliação Regular é de 31,3%.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *