Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

Aprovado à unanimidade pela Assembleia Legislativa, o projeto de lei nº 245/2021, de autoria do Poder Executivo, dispondo sobre a denominação do Arquivo Público do Estado do Pará, em homenagem ao jurista e professor paraense Zeno Augusto de Bastos Veloso,…

Dira Paes dá exemplo de cidadania

Dira Paes e Dom Raymundo Damasceno. FOTO: ASCOM TST
O TST outorgou a Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho, no grau Instituição, à CNBB e ao Movimento Humanos Direitos, hoje. A atriz parauara Dira Paes, diretora geral do MHuD, acompanhada pela arquiteta Salete Hallack e o padre Ricardo Rezende, diretoresrecebeu a honraria em nome da Ong.
Dira realçou que a sociedade deve se envolver com as questões sociais do País: “Não adianta para a população uma atitude passiva, esperando que o governo seja o grande solucionador de todos os problemas brasileiros. Grande parte de tudo o que podemos fazer pode vir da sociedade. O fundamental é fazermos o trabalho de ponte entre aqueles que não sabem a quem procurar e os órgãos dispostos a dar apoio“.
O padre Ricardo Rezende disse que a comenda significa a identificação do Movimento com o TST na luta contra problemas que atingem a dignidade humana. “Esta Corte faz parte do grupo que quer um País justo e melhor, onde os trabalhadores tenham seus direitos respeitados e não a dignidade ofendida. Temos novos abolicionistas contra a dignidade ofendida pelo trabalho escravo e outras formas degradantes”

Dira Paes merece aplausos por sua conduta cidadã e proativa, sempre atenta às causas justas e disposta ao bom combate. Seu exemplo é importante para disseminar a cidadania.

Dom Raymundo Damasceno, presidente da CNBB, agradeceu o reconhecimento do TST ao trabalho da instituição. Destacou as Campanhas da Fraternidade realizadas anualmente pela CNBB com temas sociais, como a deste ano sobre tráfico humano. “Levantamos a questão de maneira ampla para defender a dignidade da pessoa humana e seus direitos, pois o tráfico é uma das formas de crime mais horrendas. Nossa missão é, sobretudo, religiosa e espiritual, mas sabemos que da evangelização faz parte a promoção da pessoa humana e de seus direitos“. 

Mais 67 pessoas receberam a comenda, entre autoridades dos três Poderes, magistrados, advogados, empresários, professores e profissionais da área de cultura e do esporte. A Ordem do Mérito existe desde 1970 e é concedida em graus diferentes, que vão do Grã-Cruz (máximo) até o de Cavaleiro (primeiro grau). 

O presidente do TST, ministro Barros Levenhagen, enfatizou que este ano a distinção foi atribuída “a um mosaico de pessoas da sociedade que efetivamente trabalharam em prol do Judiciário e do seu crescimento, em defesa de temas que são bandeiras do TST, como o combate às formas de trabalho degradante e infantil, e em prol do trabalho seguro“.
Confiram a lista completa dos homenageados aqui.
E vejam aqui o álbum de fotos do evento.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *